Madrid 1,86 EUR 0,03 (+1,75 %)
ZoomTalento Prensa

5
continentes

 

34.000
colaboradores

Assumimos a parte que nos interessa no desenvolvimento sustentável

Trabalhamos com conhecimento e reflexão para criar debate público

M

Portada > Estratégia de sustentabilidade

Estratégia de sustentabilidade

Na MAPFRE, trabalhamos há 86 anos com um forte compromisso com as pessoas e o planeta, contribuindo para o desenvolvimento do tecido social e empresarial dos países nos quais estamos presentes.

Somos uma empresa que olha o mundo e os desafios globais para deixar uma pegada positiva ao nosso redor e contribuir, a partir de nossa atividade global, para construir um mundo mais igualitário, justo, ético, inclusivo, desenvolvido e transparente.

Portanto, buscamos incorporar sustentabilidade e retorno social no que fazemos, sempre com o benefício de todos as nossas partes interessadas em mente. Estamos convencidos de que as empresas não têm apenas que parecer sustentáveis, elas têm que ser sustentáveis, e para isso é necessário ter um propósito que vá além do lucro financeiro.

Assumimos nossa parte no desenvolvimento sustentável, contudo, sabemos que não podemos mudar sozinhos, e também não queremos fazer tudo sozinhos. Precisamos que nossos funcionários, clientes, acionistas, fornecedores, distribuidores e a sociedade em geral nos acompanhem no caminho que começamos a percorrer há mais de oito décadas.

A parte que nos toca é um conceito voltado para as pessoas e baseado em ações, em fatos, que representa a parte que toca cada um de nós, os milhares de gestos que se somam ao objetivo comum de proteger o planeta e as pessoas. A parte que nos toca é o compromisso de todos para que juntos, possamos seguir fazendo com que seja possível um presente e um futuro melhor.

Esses objetivos são materializados por meio da política de sustentabilidade e do Plano de Sustentabilidade 2019–2021.

O Plano de Sustentabilidade 2019–2021 enfoca os desafios globais com os quais nossa atividade pode contribuir de maneira equilibrada nas três dimensões da sustentabilidade: ambiental, social e de governança. 

Na MAPFRE, adotamos cinco compromissos com a sustentabilidade até 2021. 

Além disso, com o objetivo de continuar sendo parte ativa desta transformação necessária e urgente rumo a uma economia de baixo carbono, foi aprovada outra série de compromissos que serão aplicáveis a partir de 2021. 

Estamos plenamente comprometidos com a descarbonização da economia e reforçamos nossa política de assinaturas, com medidas como a recusa da MAPFRE na construção de novas infraestruturas relacionadas a minas de carvão ou centrais térmicas, entre outras. Também deixamos de assinar novos riscos relacionados com as areias de alcatrão (ou de petróleo) ou com projetos offshore/onshore relacionados com petróleo ou gás no Ártico.

Materialidade

A materialidade é um processo por meio do qual a empresa determina quais questões, da perspectiva da sustentabilidade, podem ter o maior impacto em sua atividade, levando em conta no processo as partes interessadas que podem ser afetadas ou que podem ter um impacto sobre essas questões. O resultado desse processo é o chamado “problemas materiais”.

Para MAPFRE, a materialidade desempenha uma função dupla. Por um lado, é um requisito para a elaboração de relatórios anuais e, por outro, é uma ferramenta que contribui para as operações internas de gestão da sustentabilidade. Em particular, o alinhamento das questões materiais com a estratégia de sustentabilidade e o Plano de Sustentabilidade do Grupo.

No estudo de materialidade vigente, os principais problemas relacionados à sustentabilidade foram classificados de acordo com duas variáveis: impacto e relevância. Essas duas variáveis permitem à MAPFRE entender como esses problemas devem ser gerenciados para que representem oportunidades e minimizem os riscos.

Para obter mais informações sobre o estudo, consulte o Relatório Integrado 2020.