Madrid 1,625 EUR 0,02 (+1,5 %)

Relatórios de conjuntura (Outlook) que oferecem una visão geral das principais perspectivas, previsões e tendências macroeconômicas e financeiras, assim como uma avaliação do seu impacto sobre a atividade de seguros. Este relatório de periodicidade anual complementa-se com atualizações trimestrais nas quais se analisam os eventos e desenvolvimentos mais relevantes do período.

Relatórios de conjuntura (Outlook) que oferecem una visão geral das principais perspectivas, previsões e tendências macroeconômicas e financeiras, assim como uma avaliação do seu impacto sobre a atividade de seguros. Este relatório de periodicidade anual complementa-se com atualizações trimestrais nas quais se analisam os eventos e desenvolvimentos mais relevantes do período.

Panorama económico y sectorial 2020: perspectivas hacia el tercer trimestre

Panorama econômico e setorial de 2022: perspectivas para o terceiro trimestre

As contínuas tensões nas cadeias de abastecimento, o complexo componente geopolítico e os bancos centrais que estão apertando suas políticas monetárias são, entre outros fatores, responsáveis por que a economia global continue caminhando para um cenário de estagflação onde as chances de uma recessão estão aumentando. Assim, há uma mudança no corredor de previsão para um cenário de declínio da atividade global (3,0% e 2,7% em 2022 e 2023, comparado com 3,6% e 3,6% no relatório anterior) e aumento da inflação, com uma deterioração no nível global em direção a níveis de estagnação econômica, embora com divergências por região. Assim, o aperto da política monetária irá diminuir a demanda agregada, resfriando a economia em um ambiente de inflação maior e mais duradoura do que o esperado, o que irá corroer o poder de compra das famílias e as margens comerciais, impactando negativamente o desenvolvimento e a lucratividade do negócio de seguros e exercendo pressão sobre os preços dos produtos de seguros.

Panorama econômico e setorial de 2022: perspectivas para o terceiro trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2022: perspectivas para o terceiro trimestre (Inglês)

Panorama económico y sectorial 2020: perspectivas hacia el tercer trimestre

Panorama econômico e setorial de 2022: perspectivas para o segundo trimestre

Após o progresso no controle da pandemia de Covid-19, a economia global estava mostrando taxas de crescimento positivas, embora moderadas, no início de 2022. Entretanto, devido ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia, as perspectivas de crescimento global foram significativamente afetadas e se deterioraram acentuadamente. Os preços globais das commodities subiram principalmente a energia, derivados de petróleo e alimentos, aumentando o risco de perturbações econômicas, embora com algumas divergências regionais. Isto terá como consequencia maiores riscos para a capacidade produtiva e o crescimento, e aumentará o risco de inflação. Assim, de acordo com o cenário de base considerado no relatório, o crescimento global do PIB deverá ser de 3,6% em 2022 e 2023 e a inflação (média do último trimestre do ano) deverá ser de 6,8% e 4,1% para 2022 e 2023, respectivamente. Este novo ambiente também está lançando uma sombra sobre as perspectivas de desenvolvimento e rentabilidade do setor de seguros em 2022, em um ambiente onde a inflação está corroendo as margens comerciais e o poder de compra das famílias, o que dificultará a transferência dos custos crescentes de sinistros para os preços dos seguros.

Panorama econômico e setorial de 2022: perspectivas para o segundo trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2022: perspectivas para o segundo trimestre (Inglês)

Panorama 2020 4 trimestre

Panorama econômico e setorial de 2022

Após uma aceleração na primeira metade de 2021, a economia global abrandou devido ao aumento dos preços das matérias primas e da energia, problemas na cadeia de abastecimento, elevada procura de bens de consumo e menor nos serviços, bem como pela incerteza causada por um regresso às medidas de distanciamento social face à nova variante do Covid-19. Além disso, os bancos centrais dos países emergentes começaram a endurecer a política monetária para controlar a inflação, enquanto que nos mercados desenvolvidos esta política permanece estável para continuar a impulsionar a recuperação económica, embora já preveja uma mudança de tom. O relatório espera que a economia global se dirija para um crescimento mais lento do que em 2021, que seria de cerca de 4,8% em 2022 e 3,6% em 2023, com os mercados desenvolvidos a assumirem a liderança na redução do hiato de produção ao longo dos próximos anos. Além disso, apesar do abrandamento económico global e do aumento da incerteza, o aumento da aversão ao risco por parte dos agentes económicos em resultado da pandemía será um estímulo importante para a procura de seguros, que continua a pintar um quadro positivo em 2022 para o desenvolvimento do sector. Além disso, os efeitos negativos da reabertura económica sobre a sinistralidade em alguns ramos de actividade tenderão a ser corrigidos, pelo que as perspectivas de rentabilidade das seguradoras continuarão a ser favoráveis, apesar do efeito que a subida da inflação poderá ter a curto prazo.

Panorama econômico e setorial de 2022 (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2022 (Inglês)
Panorama econômico e setorial de 2022 (Espanhol) (ePub)

Panorama 2020 4 trimestre

Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o quarto trimestre

Este relatório revê em baixa as previsões de crescimento económico global em resultado do efeito de uma inflação mais persistente que afeta as receitas das famílias e o consumo, e da natureza dual da recuperação com os mercados emergentes ainda afetados pela difícil situação de pandemía e problemas de vacinação e pelos efeitos da redução da procura chinesa em resultado de uma menor actividade. Neste contexto, o equilíbrio dos riscos é menos inclinado para o lado negativo graças à remissão da pandemía, mas existem ainda muitos e muito graves riscos para a recuperação. Neste ambiente, as perspectivas para os mercados globais de seguros estão a melhorar, embora muitas economias tenham de esperar até 2022 ou mais para recuperarem ao seu nível pré-crise, e a recuperação dos seus mercados de seguros poderá ser desigual. Além disso, as pressões inflacionistas podem reduzir a rentabilidade e exercer pressão sobre os preços dos seguros se a situação se tornar persistente.

Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o quarto trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o quarto trimestre (Inglês)

Panorama 2020 4 trimestre

Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o terceiro trimestre

O mundo segue em sua trajetória gradual de recuperação, fortemente apoiado pelo setor de serviços e com uma participação sem precedentes no crescimento global dos países desenvolvidos. Assim, a economia global deverá crescer em torno de 6% em 2021 e 4,4% em 2022. Esse crescimento está na melhoria da mobilidade global diante da COVID-19, na reativação do consumo na China, na demanda por serviços nos mercados desenvolvidos e no impulso monetário e financeiro no mundo desenvolvido. Os países emergentes, entretanto, verão um crescimento mais fraco e sua contribuição para o crescimento será menor, dada a situação epidemiológica e o escopo limitado para uma política econômica de caráter expansivo. O crescimento global também terá um componente nominal elevado, mas o aumento da inflação será temporário. Por outro lado, as perspectivas de retomada do crescimento econômico estão ajudando a recuperação do mercado segurador. Algumas economias emergentes estão experimentando uma recuperação da inflação e sua capacidade fiscal se esgotou, sendo obrigadas a reverter algumas das medidas adotadas, o que retardará sua recuperação. No entanto, o aumento das taxas de juros nessas economias está criando um ambiente favorável para a comercialização dos produtos da economia de Vida, os mais afetados pela crise.

Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o terceiro trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o terceiro trimestre (Inglês)

Panorama 2020 4 trimestre

Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o segundo trimestre

O relatório faz o balanço do estado da economia global um ano após a declaração da pandemia. O mundo permanece mergulhado numa crise profunda em que os níveis de emprego e de riqueza só recuperarão no final de 2022, pelo menos. A velocidade da saída dependerá da continuidade dos estímulos, da eficácia da vacinação e dos desequilíbrios básicos a partir dos quais cada uma das economias começou, pelo que a recuperação será assimétrica e não muito sincronizada. Contudo, o regresso ao crescimento económico global em 2021 está a ajudar a melhorar as perspectivas dos mercados de seguros, que se têm revelado solventes e resistentes. No entanto, com algumas notáveis excepções, a recuperação económica parcial e desigual prevista tenderá a pesar sobre o desenvolvimento do sector dos seguros nos diferentes mercados.

Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o segundo trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2021: perspectivas para o segundo trimestre (Inglês)

Panorama económico y sectorial 2020: perspectivas hacia el tercer trimestre

Panorama econômico e setorial de 2021

O relatório apresenta as perspectivas de crescimento económico global nos próximos anos após o impacto da crise Covid-19 e na sequência de profundas mudanças no contexto económico. A economia mundial está a caminho de uma nova normalidade, passando pela fase de recuperação num cenário em que as vacinas actuam como um catalisador positivo que reduz os riscos a longo prazo, mas ainda enfrenta a possibilidade de uma nova contracção, dados os novos surtos do vírus. Assim, espera-se que a economia mundial cresça cerca de 4,5% durante 2021-2022, fortemente apoiada pelo desempenho dos mercados desenvolvidos que irão capitalizar sobre o duplo impulso monetário e fiscal. Os países emergentes também irão recuperar, embora a um ritmo mais lento. Por outro lado, ao contrário de outras actividades, o sector dos seguros mostrou alguma resistência na situação actual, graças ao bom desempenho de algumas linhas de negócio que são menos vulneráveis ao contexto actual. No entanto, a queda de actividade está a afectar negativamente os segmentos mais ligados ao ciclo económico, enquanto políticas monetárias acomodatícias e o movimento para posições de liquidez por parte das famílias e empresas estão a fazê-lo no negócio dos seguros ligados à poupança, especialmente nos mercados desenvolvidos. A recuperação económica esperada em 2021 pode levar a uma recuperação do terreno perdido pelo sector, especialmente nos países emergentes, embora esta seja desigual entre mercados e linhas de negócio.

Panorama econômico e setorial de 2021 (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2021 (Inglês)
Panorama econômico e setorial de 2021 (Espanhol) (ePub)
Panorama econômico e setorial de 2021 (Inglês) (ePub)

Panorama 2020 4 trimestre

Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o quarto trimestre

Num contexto de queda abrupta da dinâmica da actividade mundial, provocada por um choque totalmente diferente dos produzidos pelas crises económicas mais recentes, este relatório salienta que a economia global está numa fase de estabilização e eventual recuperação não isenta de riscos, que serão exacerbados pela própria dinâmica da pandemia de Covid-19. Neste contexto, o relatório apresenta a revisão das previsões de crescimento económico para 2020, considerando uma melhoria relativa, mas com uma certa deterioração das do próximo ano, que serão de crescimento ténue e assimétrico à escala mundial. Por outro lado, esta recuperação relativa, que será lenta, sujeita a grande incerteza em resultado dos surtos da doença, diferente por país e por sector de actividade, fará com que o sector dos seguros seja afectado negativamente, mas em menor grau do que outros sectores mais vulneráveis aos riscos da crise de saúde provocada pela pandemia.

Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o quarto trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o quarto trimestre (Inglês)

Panorama económico y sectorial 2020: perspectivas hacia el tercer trimestre

Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o terceiro trimestre

O relatório atualiza os cenários macroeconômicos mundiais de acordo com os últimos desenvolvimentos da situação epidemiológica. As informações mostram uma contração geral muito notável da atividade econômica durante o primeiro semestre de 2020, embora os dados mais avançados para o terceiro trimestre apontem para uma certa estabilização. A flexibilização das medidas de supressão implementadas para a pandemia da Covid-19, juntamente com as medidas ativadas na área de política monetária e fiscal, estão permitindo o degelo da demanda contida durante o primeiro semestre do ano e, com isso, uma lenta reversão para a normalidade das variáveis nominais e reais. Este ambiente econômico terá efeitos importantes no setor de seguros, que depende em grande parte do bom funcionamento dos mercados financeiros e do desempenho econômico geral. Para avançar na análise do possível efeito sobre a demanda de seguros, o relatório atualiza a análise das crises econômicas e de saúde vividas nas últimas décadas.

Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o terceiro trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o terceiro trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o segundo trimestre

A emergência da pandemia de Covid-19 alterou radicalmente as perspectivas de crescimento mundial e os mercados de seguros. O processo de contágio, juntamente com as medidas de supressão impostas, produz efeitos na procura, na oferta e financeiros que provocarão uma recessão global de cerca de -3% do PIB no melhor dos casos, sendo a Zona Euro a região onde o efeito pode ser maior e a América Latina onde o risco de se tornar numa depressão é mais relevante, dadas as suas vulnerabilidades. No nosso cenário de base, porém, as medidas tomadas e a natureza do vírus darão lugar a uma recuperação durante 2021 que também esperamos que se traduza em consumo e procura de serviços financeiros em geral.

Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o segundo trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2020: perspectivas para o segundo trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2020

Espera-se que 2020 seja um ano em que o crescimento económico mundial se estabilize em níveis baixos, semelhantes aos de 2019, para dar lugar a uma convergência para taxas semelhantes às registadas nos últimos cinco anos, próximas do potencial mundial. A maior contribuição será feita pelos países emergentes graças às condições financeiras mais benignas e melhores termos de troca para os productos agrícolas, fundamentalmente. Os mercados desenvolvidos evitarão uma maior desaceleração graças ao regresso da política monetária laxa, embora o debate sobre a sua adequação nesta fase do ciclo esteja aberto. O crescimento será moderado e, sobretudo, frágil, dados os riscos conhecidos e desconhecidos para as perspectivas mundiais, especialmente os decorrentes de desequilíbrios financeiros e do recente desenvolvimento da geopolítica mundial.

O abrandamento em que a economia mundial está imersa está a afectar o desenvolvimento do negócio segurador e, em particular, os segmentos de risco Não Vida e Vida, que estão a abrandar a um nível agregado. A aplicação generalizada de políticas monetárias acomodatícias está ajudando a conter esta tendência e poderia contribuir para reverter a situação, mas tem deixado as taxas de juros ancoradas em níveis baixos, absolutamente baixos nos países desenvolvidos e relativamente baixos nos países emergentes, em comparação com os níveis alcançados em anos anteriores. Esta situação, juntamente com o abrandamento do crescimento económico, limita o desenvolvimento dos negócios tradicionais de poupança vitalícia e de renda vitalícia. No entanto, o bom desempenho dos mercados bolsistas constitui um estímulo para os produtos de seguro de Vida em que o tomador do seguro assume o risco de investimento, nos países em que este tipo de produto atingiu um peso significativo.

Panorama econômico e setorial de 2020 (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2020 (Inglês)
Panorama econômico e setorial de 2020 (Espanhol) (ePub)
Panorama econômico e setorial de 2020 (Inglês) (ePub)

Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o quarto trimestre

Encontramo-nos numa situação em que fatores como a guerra comercial e outras crises estão a pesar sobre as economias mundiais, criando uma situação em que um choque adicional poderia fazer pender a balança para a recessão, embora tal situação ainda não esteja no cenário de base considerado no relatório. No entanto, os indicadores da iminência de uma recessão global são mistos e não podem ser excluídos. Se assim fosse, a capacidade de inverter um abrandamento utilizando as habituais alavancas monetárias e orçamentais poderia revelar-se difícil. Trata-se de uma situação de vulnerabilidade global em que, embora não constitua o cenário central, a possibilidade de uma recessão está a aumentar, os instrumentos para a enfrentar são mais limitados e as suas consequências sociais e económicas mais incertas.

Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o quarto trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o quarto trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o terceiro trimestre

O relatório destaca os sinais inequívocos de mudança no ciclo económico, a mudança na política monetária global e o seu efeito nos fluxos, nas moedas emergentes e nas taxas de câmbio. O cenário base tem sido ligeiramente realçado pelos efeitos da guerra comercial, mas o crescimento projetado para 2019 no seu conjunto continua a girar em torno do potencial global (3,3%). O relatório também observa que a desaceleração da atividade econômica global irá eventualmente mudar para a dinâmica dos prêmios de seguro. Medidas de política monetária mais acomodatícias podem atenuar o impacto sobre o negócio de seguros, embora afetem negativamente os produtos de poupança e renda vitalícia.

Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o terceiro trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o terceiro trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o segundo trimestre

A evolução do crescimento econômico confirma que, a nível mundial, já entrámos na fase de desaceleração do ciclo, prevendo taxas de crescimento mais próximas do potencial, mais fraco do que na década anterior, em linha com a tese da estagnação secular. O menor crescimento no curto prazo parece ter origem nos efeitos do abrandamento europeu, no menor dinamismo da atividade na China e nos efeitos diretos e indiretos das taxas alfandegarias introduzidas pelos Estados Unidos e China. Estas perspectivas conduziram a uma nova mudança na política monetária e fiscal mundial, numa tentativa de manter os níveis de atividade económica.

Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o segundo trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2019: perspectivas para o segundo trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2019

O relatório faz ênfase no fato de que o fecho de 2018 marca o início da trajetória de desaceleração gradual que já se antevia desde o final de 2017. Essa desaceleração econômica (que implicará crescimento global perto dos 3,3% em 2019), mostraria três características: será cada vez menos sincronizado e frágil, será menos intenso em atividade e inflação, e se desenvolverá sob condições financeiras menos favoráveis e divergentes. Apesar disso, esse contexto econômico continuará favorecendo o mercado de seguros, mas a desaceleração das principais economias e o fim do ciclo poderão começar a impactar o crescimento dos prêmios no mercado de seguros, especialmente no segmento Não Vida e Vida pela sua alta conexão com o comportamento do ciclo econômico.

Panorama econômico e setorial de 2019 (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2019 (Inglês)
Panorama econômico e setorial de 2019 (Espanhol) (ePub)
Panorama econômico e setorial de 2019 (Inglês) (ePub)

Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o quarto trimestre

Vários fatores parecem cristalizar os sinais avistados desde o início do ano, que anunciavam a mudança de ciclo na economia global, liderada pela economia dos Estados Unidos. A partir de 2019, o crescimento global ainda será liderado pelos Estados Unidos, mas sua dinâmica será menor, dando origem a um cenário central de ajuste suave, no qual o PIB global estará em torno ao seu potencial. Esse crescimento terá contribuição em igual medida pelos países desenvolvidos e emergentes (embora em menor escala do que antes) e ocorrerá no contexto de uma perda de sincronia da política monetária a nível global. O nosso cenário central tem fortes riscos negativos principalmente nos EUA e na China.

Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o quarto trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o quarto trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o terceiro trimestre

Embora a atividade global mantenha o momento cíclico durante a segunda e parte do terceiro trimestre, ela é cada vez menos sincronizada, mais frágil e dependente dos estímulos dos EUA. A política comercial, econômica e internacional dos EUA tornou-se uma fonte de choques com impacto global na valorização do USD, na volatilidade do Brent e nas expectativas de atividade e comércio global. Embora no momento não tenha se traduzido em um evento de risco, a acumulação de desequilíbrios globais, o esgotamento do ciclo americano e a capacidade da administração americana de induzir volatilidade em todos os níveis à escala global exigem cautela. O cenário base atual é o de um ajuste cíclico ordenado, embora a probabilidade de um ajuste mais severo tem estado a aumentar recentemente.

Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o terceiro trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o terceiro trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2018: perspectivas para o segundo trimestre

Destaca-se que o crescimento mundial manteve o seu impulso durante o primeiro trimestre, confirmando uma previsão de crescimento muito parecida à que se conseguiu durante 2017, tanto em velocidade como em composição. Este crescimento continuará apoiando-se nos fortes estímulos de procura tanto fiscais como monetários em ambas regiões. Além disso, a política fiscal dos Estados Unidos, a continuidade da política monetária expansiva a nível mundial e a forte inercia no dinamismo do consumo e investimento, apoiam isso.

Panorama económico e setorial de 2018: perspectivas para o segundo trimestre (Espanhol)
Panorama económico e setorial de 2018: perspectivas para o segundo trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial de 2018

Este relatório oferece uma visão geral das principais tendências macroeconômicas e financeiras para 2018, para o mundo e para as principais economias, assim como uma avaliação da sua relação e impacto sobre a atividade seguradora. A economia mundial poderia crescer este ano 3,7%, uma décima mais que em 2017, por cima das expetativas que existiam há um ano atrás. No entanto, a dinâmica da atividade econômica mundial também mostra sinais de estabilização e faz prever que talvez estejamos no preâmbulo de uma viragem de ciclo que se materializaria lá para o final de 2019. No caso da indústria de seguros, o crescimento mundial previsto para 2018 prevê um impacto positivo no desenvolvimento do mercado segurador a nível mundial, que se notará especialmente nas economias emergentes.

Panorama econômico e setorial de 2018 (Espanhol)
Panorama econômico e setorial de 2018 (Inglês)
Panorama econômico e setorial de 2018 (Espanhol) (ePub)
Panorama econômico e setorial de 2018 (Inglês) (ePub)

Panorama económico e setorial de 2017: perspectivas para o quarto trimestre

Neste informe revisa-se a situação conjuntural mundial, focalizando-se nos países más relevantes. Atualizamos as perspectivas de atividade, preços e variáveis financeiras, assim como o balanço dos riscos e vulnerabilidades que afronta a economia global. O relatório aborda questões de política econômica global, com especial ênfase nas consequências da previsível retirada de liquidez associada à normalização dos balanços dos grandes bancos centrais para a economia mundial e para o mercado segurador.

Panorama econômico e setorial 2017: Perspectivas para o quarto trimestre (Espanhol)
Panorama econômico e setorial 2017: Perspectivas para o quarto trimestre (Inglês)

Panorama econômico e setorial 2017: perspectivas para o terceiro trimestre

MAPFRE Economics publica a segunda atualização trimestral do seu relatorio Panorama económico e setorial de 2017. Esta atualização realiza-se com a Informação disponível até ao segundo trimestre de ano e apresenta a revisão das previsões macroeconômicas desde o terceiro trimestre de 2017 em adiante. O relatório focaliza-se no processo de normalização da política monetária mundial, os acontecimentos sobre a política econômica dos Estados Unidos, e o impacto dos acontecimentos políticos sobre a economia na Europa e no Brasil.

Panorama económico e setorial de 2017: perspectivas para o terceiro trimestre (Espanhol)
Panorama económico e setorial de 2017: perspectivas para o terceiro trimestre (Inglês)

Panorama económico e setorial de 2017: perspectivas para o segundo trimestre

O bom ritmo econômico constatado no primeiro trimestre de 2017 faz prever una leve aceleração do crescimento mundial para este ano, ainda que sem estar isente de incertezas políticas e económicas que se analisam nesta revisão trimestral. Neste relatório atualiza-se o panorama económico e a sua influencia no mercado segurador. Na indústria mundial dos seguros apercebe-se una aceleração do negocio, tanto de Vida como de Não Vida, com una contribuição dos países emergentes, maior do que o previsto inicialmente. Prevê-se que este crescimento continue ao longo de 2017-2018, tanto nos mercados desenvolvidos como nos emergentes, sendo este último bloco aquele que vai liderar o caminho do crescimento.

Panorama económico e setorial 2017: perspectivas para o segundo trimestre (Espanhol)
Panorama económico e setorial 2017: perspectivas para o segundo trimestre (Inglês)

Panorama económico y sectorial 2017

Panorama económico e setorial de 2017

Relatório de conjuntura preparado pelo MAPFRE Economics no qual se oferece uma visão geral das principais perspectivas e tendências macroeconômicas e financeiras para 2017, assim como uma avaliação da sua relação e impacto sobre a atividade seguradora. Na primeira parte do relatório faz-se uma análise do contexto econômico mundial que se caracteriza com o conceito de “estagnação secular” (baixo nível de atividade económica, inflação baixa e taxas de juro baixas). Este contexto é o ponto de partida para avaliar a perda de eficácia da política monetária e a crescente necessidade de aplicar mais ativamente a política fiscal como meio de estímulo à atividade econômica. A segunda parte do relatório apresenta uma análise dos mecanismos através dos quais a atividade econômica mundial transmitirá os seus efeitos ao setor segurador. Inclui um contexto conceitual geral, e também uma análise quantitativa que prevê uma aceleração do negocio de seguros ao longo de 2017-2018, tanto nos mercados desenvolvidos como nos emergentes, sendo estes últimos os que vão liderar o caminho do crescimento. Também se dá uma perspectiva sobre as principais tendências normativas aplicáveis ao sector de seguros em 2017.

Panorama econômico e setorial 2017 (Espanhol)