Madrid 1,625 EUR 0,02 (+1,5 %)

Assinatura sustentável

Em 2012, aderimos aos Princípios para a Sustentabilidade em Seguros (PSI) promovidos pela Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEPFI), comprometendo-se a integrar em seus processos de tomada de decisões questões ambientais, sociais e de governança (ESG) nos processos de assinatura das operações de seguros.

Utilizamos diferentes sistemas de análise e avaliação de riscos complementares, que permitem a integração desses riscos.

Integração dos aspectos ESG nos processos de assinatura

Nossos compromissos públicos

Reforçamos e modificamos nossos compromissos para contribuir, com a parte que nos toca, para a transição para uma economia baixa em carbono.

Saiba mais sobre nossos compromissos em matéria de assinatura aquí.

Modelo interno de avaliação ESG

Para a assinatura de riscos globais, desenvolvemos um modelo interno de avaliação ASG, que considera, no processo de tomada de decisão, a exposição ao risco ESG de uma empresa com a exposição ao risco ESG dos países e setores nos quais ela atuou, além de oferecermos análise de riscos à reputação.

Acompanhamento dos nossos clientes

O conhecimento adquirido durante a avaliação ESG é compartilhado com a empresa segurada. Nesta informação documentada, elaborada pela área de Engenharia (cuja atividade principal é a análise da qualidade técnica dos riscos), incluem-se recomendações sobre controle de riscos e serviços. Estes tratam sempre de minimizar danos materiais e ambientais derivados dos potenciais acidentes tecnológicos para diminuir os índices de risco individual e social das indústrias seguradas e seus entornos complementares. Como parte do processo de contratação, os gerentes de riscos das empresas avaliadas devem informar oportunamente a seus conselhos de administração sobre a evolução destas recomendações e os níveis de investimento necessários para suas implantações.

Consulte nosso Relatório Integrado