Madrid 1,674 EUR 0 (0 %)

SUSTENTABILIDADE| 26.11.2021

Proteger a água

Thumbnail user

No mínimo, o corpo humano é composto por 60 porcento de água; enquanto o planeta, esse nível de água sobe para 70%. É um elemento essencial para o nosso desenvolvimento. Precisamos cuidar da água para sobreviver e, embora a água doce existente deveria bastar para toda a população mundial, esta escasseia. alerta para conflitos pela água. Porque ela não chega a 2.100 milhões de pessoas no mundo e 4.500 milhões não possuem serviços seguros de saneamento. Na MAPFRE protegemos a água oferecendo coberturas para indivíduos, profissionais e empresas contra perdas e danos.

Água. O bem mais valioso. Milhares de milhões de pessoas no mundo inteiro ficarão sem acesso aos serviços de água potável, saneamento e higiene no lar gerenciados de maneira segura antes de 2030, exceto que o índice de progresso se multiplique por quatro, de acordo com o novo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da UNICEF.  Água para beber, para sobreviver, para lavar-se, para irrigar… Também para produzir alimentos e garantir a segurança alimentar.

Em novembro de 2002, o Comitê dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais adotou a Observação Geral Nº 15 sobre o direito à água. O artigo I.1 estabelece que o direito humano à água é indispensável para uma vida humana digna.

Em 28 de julho de 2010, através da Resolução 64/292, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu explicitamente o direito humano à água e ao saneamento, reafirmando que uma água potável limpa e saneamento são essenciais para a consecução de todos os direitos humanos.

A ONU acrescentou o problema da água  (como ODS 6) nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável marcados para 2030, objetivos globais com que a MAPFRE está plenamente comprometida. Entre eles é mencionada a consecução do acesso universal e igualitário à água potável e aos serviços de saneamento e higiene por um preço acessível, melhorar sua qualidade, reduzir a poluição, eliminar a descarga e minimizar a emissão de produtos químicos, ou incrementar o uso eficiente de recursos hídricos de forma considerável.

 

Prioridade mundial

Há suficiente água doce para toda a população mundial, mas a distribuição não é igualitária e a emergência climática gera escassez, segundo um relatório da UNESCO.

Há escassez incluso em áreas muito chuvosas ou com recursos de água doce. Devido à forma de utilização e distribuição, nem sempre há suficiente para atender às necessidades dos lares, da indústria ou do meio ambiente.

Como consequência da pandemia da COVID-19, o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, insistiu: “se queremos pôr fim e criar sistemas de saúde mais resilientes”, precisamos transformar os investimentos em água, saneamento e higiene “em uma prioridade mundial”.

 

A parte que nos toca

Na MAPFRE, trabalhamos há 86 anos com um forte compromisso com as pessoas e o planeta, contribuindo para o desenvolvimento do tecido social e empresarial dos países nos quais estamos presentes. Em A parte que nos toca estamos focados em compromissos pela sustentabilidade.

Como empresa de seguros, na MAPFRE contamos com diversas coberturas para indivíduos, profissionais e grandes empresas relacionadas com este bem valioso e escasso, contra danos por água e perdas.

Certamente, o seguro agrário garante aqueles danos ou reclamações relacionados em forma direta com bens segurados, protegendo-os contra enchentes ou danos por água.

Assim mesmo, no lar, a maioria dos seguros essenciais possui cobertura básica de danos por água, sendo muito importante conferir exatamente as coberturas incluídas.

Além disso, existem muitas soluções de seguros para instalações específicas gerenciadas pela MAPFRE GLOBAL RISKS, como as seguintes:

Cobertura para instalações de Energia Hidrelétrica:
As centrais hidrelétricas são consideradas infraestruturas críticas, estratégicas, cuja falha ou ruptura teria grave impacto a nível geral na sociedade. Este tipo de instalações pode sofrer um amplo leque de riscos nas diversas fases de funcionamento, desde a deterioração de equipamentos, como o das próprias instalações, até outros relacionados com as novas tecnologias. É essencial para os grandes fornecedores de energia contar com as melhores soluções integrais de seguros.

A Unidade Global Risks da MAPFRE oferece cobertura de seguro desenhada sob medida para aquelas empresas especializadas em energias limpas, e conta com uma equipe de engenheiros especialistas com as últimas tecnologias de inspeção de riscos.

Danos em instalações de fornecimento de água: As instalações de fornecimento de água potável são aquelas que permitem que a água chegue do ponto de captação ao ponto de consumo. Da mesma forma que no caso das centrais hidrelétricas, trata-se de infraestruturas críticas para a sociedade e estão sujeitas a grande quantidade de riscos, que influem em seu funcionamento, como danos pelo impacto de fenômenos extremos, como enchentes ou furacões. O seguro de Danos materiais da Unidade Global Risks da MAPFRE cobre os riscos mais complexos relacionados com estas infraestruturas, a partir de perdas ou danos às instalações.

Danos a estações de tratamento de águas residuais industriais: Além das instalações de fornecimento de águas, é imprescindível a proteção do seguro de Danos para estações de tratamento de águas residuais, também de importância fundamental em determinadas indústrias, como química, do papel, farmacêutica ou automotiva.

Seguros para estações de dessalinização. Na Unidade Global Risks da MAPFRE oferecemos cobertura para plantas de dessalinização. São instalações chave, especialmente em regiões com períodos de secas recorrentes ou permanentes, porque convertem a água salgada do mar (ou salobre) em água apta para o consumo humano, bem para usos industriais e de irrigação.

 

Artigos relacionados:

Aguaduna, o conceito de cidade sustentável que quer ser exemplo para o mundo

Infraestruturas para o saneamento de águas no Brasil