Madrid 1,625 EUR 0,02 (+1,5 %)

SUSTENTABILIDADE| 22.04.2022

Dia Internacional da Mãe Terra, construa um planeta saudável para nossas crianças

Thumbnail user

O Dia da Terra tem suas raízes na década de 1960 nos Estados Unidos. Um dos fatores fundamentais que levaram à criação deste dia foi o grande ativismo social de grande parte da população diante do fato de as questões ambientais não terem presença na agenda política do país.

Anos depois, em 22 de abril de 1970, um senador norte-americano do estado de Wisconsin ergueu a voz e convocou uma das maiores manifestações já realizadas até então, com a participação de mais de 20 milhões de pessoas em todo o país com o envolvimento de milhares de universidades, escolas públicas e comunidades. Dessa forma, o povo americano expressou sua preocupação com o que estava acontecendo no planeta e exigiu a criação de uma agência para zelar pelo meio ambiente. 

Esse protesto rendeu frutos e, dois anos depois, o governo dos Estados Unidos criou a atual Agência de Proteção Ambiental com o objetivo de melhorar a qualidade do ar e da água, além de aprovar uma série de leis voltadas à proteção ambiental. Outro marco importante alcançado como resultado dessa manifestação foi a realização da primeira cúpula internacional em Estocolmo para tentar conscientizar outros líderes mundiais sobre os problemas ambientais.

Desde esses primeiros atos, protestos e cúpulas, diferentes ações foram realizadas em 22 de julho em todo o planeta. Por exemplo, na Ásia, uma multidão de montanhistas de todo o mundo fez uma expedição ao Everest para coletar todos os tipos de resíduos. Em território francês, no rio Loire, formou-se uma cadeia humana de 800 km de extensão. Além disso, devido à poluição causada pelos carros, na Itália eles bloquearam um grande número de estradas em todo o país. 

Qual é o lema do Dia Internacional da Terra em 2022?

Em 2009, uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas reconheceu oficialmente o dia 22 de abril como o Dia Mundial da Terra, com o objetivo de conscientizar a humanidade sobre os problemas gerados por nossas ações na natureza. 

O lema deste ano é “Invista no nosso planeta” fazendo, desta forma, um apelo a toda a população, à classe política e às empresas para apostar em verde e combater a crise climática para “construir um planeta saudável para nossas crianças”. E cita todas as partes para agir, como agora é o momento de mudar em todas as áreas da sociedade: “agora é o momento de ter a coragem imparável de preservar e proteger nossa saúde, nossas famílias e nossos meios de subsistência”.

Estas são nossas ações para combater a crise climática

Um de nossos objetivos é ser uma parte ativa dessa necessária e urgente transformação para uma economia de baixo carbono, e para o desenvolvimento sustentável do planeta, assumimos #AParteQueNosToca com ações em áreas como a proteção de espécies e seus habitats, projetos de reflorestamento, o programa de voluntariado corporativo, o reflorestamento do Parque Nacional do Doñana, o projeto Bosque e a limpeza de espaços naturais.

Além disso, temos uma série de certificados ambientais que garantem nosso trabalho para o meio ambiente em nosso modelo de gestão, como ISO 14001, ISO 50001 e ISO 14064 e Lixo Zero, que garantem nosso compromisso ambiental com os serviços corporativos gerais, projeto, desenvolvimento e comercialização de atividades de seguros, e a quantificação e verificação da Pegada de Carbono do nosso grupo empresarial.

Diante da emergência climática global e da necessidade de uma solução em escala global, a MAPFRE quer fazer parte da mudança através da criação do nosso Plano de Pegada Ambiental Corporativa 2021-2030, dando continuidade ao plano anterior de Eficiência Energética e Mudanças Climáticas 2014-2020, incorporando nesta ocasião outras variáveis ambientais nos processos de adaptação e mitigação.

Este plano inclui 8 linhas de ação decisivas para alcançar até 2030 a redução de pelo menos 50% da pegada de carbono do Grupo.

  1. Eficiência energética: melhorar a eficiência energética dos edifícios é crucial para reduzir o impacto ambiental.
  2. Edifícios sustentáveis: estamos comprometidos com a execução de todas as novas construções e grandes reformas com o objetivo de obter certificados de construção sustentáveis, o que significará uma economia significativa em múltiplos aspectos ambientais.
  3. Pegada de carbono: estamos comprometidos em reduzir a pegada de carbono do Grupo em pelo menos 50% até 2030 em relação a 2019.
  4. Mobilidade sustentável: reduziremos o impacto da pegada de carbono da nossa frota reduzindo o número de viagens, promovendo métodos de trabalho que requerem menos presença física e o uso de meios de transporte mais verdes.
  5. Gestão da água: reduziremos o consumo de água em 2024 e 2030 em relação à linha de base de 2019, aproveitando a água da chuva e o reaproveitamento da água potável, além de identificar instalações em áreas de estresse hídrico, e a realização de campanhas de conscientização.
  6. Economia circular: faremos uma transição para uma economia circular através do uso de materiais sustentáveis, da redução da geração de resíduos, da contratação de gestores com modelos de negócios que estejam alinhados com os princípios da circularidade e da promoção de projetos relacionados à economia circular.
  7. Compras verdes: pretendemos implantar um modelo para aquisição de produtos, serviços, obras e contratos, cuja avaliação inclui aspectos ambientais que garantem o mínimo impacto ambiental durante seu ciclo de vida.
  8. Gestão de capital natural e preservação da biodiversidade: vamos atuar na recuperação dos ecossistemas por meio de soluções baseadas na natureza e na preservação da biodiversidade.

Promover mudanças e tomar medidas para combater as mudanças climáticas e comemorar o Dia Internacional da Mãe Terra não está apenas ao alcance de instituições e empresas. Além disso, podemos investir em nosso planeta individualmente, seja com nossas decisões de consumo, organizando um evento para limpar nosso meio ambiente, ou sendo uma voz do problema para espalhar os princípios da redução da pegada de carbono e outros efeitos nocivos em nosso planeta.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: