logo-mapfre
Madrid 1,819 EUR 0,03 (+1,62 %)
Madrid 1,819 EUR 0,03 (+1,62 %)

SUSTENTABILIDADE| 04.08.2022

Seis dicas para passar férias mais sustentáveis

Thumbnail user

O verão está aqui e com ele milhões de pessoas no mundo inteiro querem fugir da rotina e aproveitar umas férias. 

Se suas férias estão próximas ou se você as está aproveitando agora mesmo, não esqueça que desfrutar ao máximo o verão não significa deixar de lado a sustentabilidade e a responsabilidade. Se você está planejando uma viagem, hoje contamos como fazer essa planificação com 6 dicas, para que você tenha férias sustentáveis sem perder a diversão nem a desconexão. Na MAPFRE, pedimos que não baixem a guarda nesta época do ano e que não percam seus bons hábitos.

O que é turismo sustentável?

Parar para pensar se nossas atividades turísticas respeitam o meio ambiente natural, social e cultural é o primeiro passo para a prática de um turismo sustentável. Mas em que consiste esta forma de turismo?

O turismo sustentável e responsável consiste em viajar deixando a menor pegada possível na área em questão, com o propósito de minimizar as consequências negativas e é uma alternativa para o insustentável turismo massivo que experimentam muitos destinos.

Embora férias sustentáveis sejam possíveis em qualquer parte do mundo, há alguns detalhes que tornam nossa viagem mais ou menos sustentável, como a forma de viajar ou o que consumimos. Outro aspecto que pode fazer a diferença é nossa hospedagem: um estudo realizado por Airbnb, em 2016, destacou que ficar em apartamentos, ou o que é conhecido como home sharing, é mais sustentável do que permanecer em hotéis. Eles chegaram a esta conclusão porque observaram que 48% menos de água e 78% menos de energia eram gastos com respeito aos hotéis. Além disso, os proprietários são capazes de incutir boas práticas no lar para os hóspedes, como encorajar a reciclagem colocando recipientes específicos.

Nossas dicas para passar férias sustentáveis

Se este verão você quer se comprometer com a pegada deixada nos lugares visitados, estas são algumas recomendações para viver férias sustentáveis:

  1. Escolha o transporte mais sustentável

Tanto para chegar ao destino quanto para os deslocamentos, e sempre que possível, é importante preferir meios de transporte sustentáveis. Por exemplo, para evitar confusões com o GPS e os mapas, uma boa opção ao chegar no destino é utilizar o transporte público. Se isto não for possível no local, outra ótima opção em trajetos curtos são os deslocamentos a pé ou de bicicleta. Assim, você poderá aproveitar as vistas das paisagens, além de melhorar sua saúde. Não há melhor maneira de apreciar seu destino, sem ter que pensar onde estacionar, podendo se perder nas ruas e lugares especiais e, sobretudo, sem poluir.

Se o deslocamento de avião for obrigatório e você quer compensar sua pegada ecológica, a cada vez mais companhias aéreas oferecem vales de carbono para mitigar as emissões geradas e tornar sua viagem uma viagem sustentável.

  1. Aposta pelo local

Outra maneira de praticar o turismo sustentável é fazendo uma aposta pela proximidade. E como podemos fazer isso? Muito simples: restaurantes de gastronomia local são uma grande maneira de ajudar à economia da região. Além disso, estes estabelecimentos costumam empregar ingredientes locais, de maneira que você fomentará a produção de alimentos de KM 0 e aprenderá coisas sobre a cultura culinária do destino.

Certamente, você pode encontrar grandes lojas onde fazer suas compras, mas como visitará um novo lugar novo, não fique apenas com os locais que pode encontrar em qualquer lado e aproveite para visitar as lojas locais. Desta forma, além de apoiar à economia local, pode encontrar objetos mais especiais para lembrar da viagem.

  1. Promova o turismo trópico

Este conceito tem sua origem na palavra “Filantropia”, que provém do grego e que deriva de “filo”, amor, e “antropos”, humano, isto é “amor pelo ser humano” ou “amor à humanidade”.

A chegada da pandemia marcou uma mudança na maneira de viajar e prova disso é o turismo filantrópico, que consiste em escolher um destino necessitado de viajantes. A procura pela personalização e pela privacidade, além de ajudar viajando, tem popularizado este conceito. Ele nasce da necessidade de integrar atividades responsáveis com o meio ambiente e que os destinos sejam o centro das férias. Ao praticar este tipo de turismo, você descobrirá lugares incríveis afastados do barulho e terá um impacto positivo nas comunidades e em sua economia local, contribuindo com seu grãozinho de areia.

  1. Use cremes solares ecológicos

Nós nos preocupamos muito se nossos cosméticos serão ou não bons para nós e esquecemos como eles impactam no resto do planeta. Infelizmente, um exemplo de produtos que impactam no planeta e que empregamos muito no verão são os protetores solares. Muitos deles incluem compostos que são prejudiciais para o fundo do mar, como o dióxido de titânio. É importante levar isto em consideração e buscar alternativas que sejam o mais ecológicas possíveis e que tenham o menor impacto sobre o meio ambiente. Hoje em dia, muitos cremes solares já indicam isto em suas embalagens, então, é fácil encontrar alternativas que respeitem o meio ambiente. Entretanto, é importante estar alerta para alguns conservantes e aditivos que também são prejudiciais e aparecerão com este nome: parabens, phthalates, triclosan, microbeads (plástico).

  1. Reduza sua pegada

Mesmo estando de férias, devemos ser responsáveis com os resíduos que geramos. Evite o uso de plásticos e descarte-os corretamente. Isto deve ser óbvio, mas nunca custa lembrar. É tão simples quanto pegar tudo que você traz, seja na praia ou nas montanhas ou onde quer que você esteja. Se aquilo não estava quando você chegou, não o deixe lá.

Quando estamos viajando e passamos longos períodos fora de casa, é importante nos organizar para comprar exatamente o que precisamos, sem nos deixarmos levar pelo consumo excessivo e pelo desperdício. Além disso, não esqueçamos que a água e a energia continuam sendo bens que precisam ser usados de maneira responsável também na época de verão.

  1. Continue reciclando aonde quer que vá

Este ponto também deve ser mais do que óbvio: durante as férias devemos continuar com o cuidado dos resíduos que deixamos no meio ambiente e com a reciclagem aonde quer que vamos. Em todas as cidades, mesmo naquelas menores, você pode encontrar recipientes específicos para reciclagem. Se você está passando as férias com as crianças, é uma grande oportunidade para ensinar respeito e cuidado pelo ambiente. É muito importante assumir a responsabilidade pelo que consumimos e continuar separando os resíduos de acordo com seu tipo no recipiente correspondente.

Embora ainda estejamos longe de sermos capazes de deter a emergência climática, a sociedade está se tornando cada vez mais comprometida com o meio ambiente. De acordo com o relatório sociológico elaborado por Catchment para Ecoembes, 38,9 milhões de espanhóis declararam ser recicladores em seu dia a dia, um hábito que eles praticam para contribuir com o cuidado do meio ambiente. É por isso que é essencial não perder estes bons hábitos durante nossas férias.

Finalmente, ao planejar uma viagem sustentável, descubra se seu destino escolhido é um lugar onde você será capaz de manter seus hábitos sustentáveis. Há muitas áreas nas quais podemos contribuir para minimizar nosso impacto ambiental durante nossas férias sustentáveis.

Na MAPFRE nos unimos para afirmar que férias sustentáveis são possíveis desde que prestemos um pouco mais de atenção às atividades que realizamos e estejamos conscientes de que estas têm um forte impacto sobre o destino, tanto econômica, social e ambientalmente. Promover o turismo sustentável ajuda a fomentar a conservação das áreas que visitamos e é imprescindível para que as futuras gerações possam desfrutá-las durante muito mais tempo. E lembre-se: cuide de seu destino como você gostaria que cuidassem do seu espaço.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: