Madrid 1,7985 EUR -0,02 (-0,96 %)
ZoomTalento Prensa

5
continentes

 

34.000
colaboradores

Assumimos a parte que nos interessa no desenvolvimento sustentável

Trabalhamos com conhecimento e reflexão para criar debate público

M

SUSTENTABILIDADE| 25.05.2021

A MAPFRE está entre as empresas que lideram a redução de emissões

Thumbnail user

O Financial Times incluiu a MAPFRE na lista das 300 empresas que mais contribuíram para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa nos últimos anos. Mais um exemplo de #AParteQueNosToca.

A MAPFRE figurou no ranking mundial das 300 empresas que mais reduziram as emissões de gases com efeito de estufa entre 2014 e 2019. O ranking foi elaborado pelo jornal britânico Financial Times em colaboração com a empresa de pesquisas Statista.

Ao lado da MAPFRE estão outras 23 entidades espanholas, como, por exemplo, a Acciona, o Bankinter, a RENFE e a Indra. O primeiro lugar ficou com a empresa de moda britânica Superdry, que conseguiu reduzir mais da metade das suas emissões neste período.

Atualmente, o maior causador do aquecimento global é o dióxido de carbono (CO2), um dos principais gases do efeito estufa, ligado fundamentalmente à queima de combustíveis fósseis, como carvão, petróleo e gás.

Neutralidade em 2021 e 2030

A empresa assumiu há anos o compromisso com a descarbonização da economia, parte fundamental do seu compromisso com o desenvolvimento sustentável.

Seu Plano de Sustentabilidade 2019-2021 inclui objetivos concretos como, por exemplo, se tornar uma empresa neu­tra em emissões de carbono em nível internacional até 2030. Na Espanha e em Portugal, especificamente, este objetivo será atingido este ano, o que tecnicamente se traduz em um corte de 61% nas emissões de gases de efeito estufa por parte do Grupo MAPFRE.

Além disso, destaca-se seu compromisso público de não investir em empresas em que 30% ou mais do seu faturamento seja proveniente de energia produzida a partir do carvão e não segurar construções de novas infraestruturas relacionadas a minas de carvão e à usinas termelétricas, entre outros.

Mais desafios

Atualmente, a empresa está trabalhando em um novo Plano Corporativo de Impacto Ambiental, após fechar com sucesso o anterior, com o qual alcançou uma redução de 56% nas emissões, quase três vezes mais do que o esperado.

#AParteQueNosToca