logo-mapfre
Madrid 1,882 EUR 0,02 (+1,29 %)
Madrid 1,882 EUR 0,02 (+1,29 %)

SUSTENTABILIDADE | 27.12.2022

Reciclar uma tonelada de papel salva até 20 árvores

Thumbnail user

 Na MAPFRE somos conscientes de que o desenvolvimento da nossa atividade depende e afeta diretamente o capital natural, que inclui a biodiversidade e os serviços prestados pelos ecossistemas como os recursos naturais (água, energia, combustíveis etc.). Por isso, desenvolvemos uma estratégia corporativa de compensação de emissões de gases de efeito estufa e outras iniciativas como o novo Bosque Virtual da MAPFRE,  uma plataforma digital em que os funcionários da MAPFRE Espanha poderão ver o consumo de papel de impressão e toner de sua área geográfica e assim ser conscientes da importância  de reduzir o consumo e os resíduos gerados.

Em que consiste esta iniciativa?

Na MAPFRE nos preocupamos com o grande tesouro natural que nos conecta, e sabemos que juntos podemos tornar possível a mudança necessária para protegê-lo. Com cada pequena ação, com cada pequeno gesto, cada um fazendo sua parte, podemos fazer frente ao grande desafio que temos pela frente. Um dos pequenos gestos que pode fazer uma grande diferença é reduzir o volume de papel que consumimos diariamente em nossos espaços de trabalho. Impulsionar isto é precisamente o objetivo do novo Bosque Virtual da MAPFRE.

Para isso criamos um espaço web de onde nossos funcionários na Espanha vão saber qual é seu consumo de papel, de toner ou o energético das máquinas de impressão do seu local de trabalho, da província e a Diretoria Geral Territorial e/ou central. Com esta informação, podem se desafiar e ir reduzindo o volume de papel que imprimem e, com isso, ajudar a proteger nosso meio natural.

Reciclando uma tonelada de papel podemos salvar até 20 árvores

Todos os anos derrubam-se 4 bilhões de árvores no mundo para fabricar papel. Para produzir uma tonelada de papel virgem, são necessárias 2 a 3,5 toneladas de árvores, isto é, uma média de 28 a 49 árvores. Você sabia que a cada tonelada de papel que deixamos de imprimir, evitamos a derrubada de até 20 árvores, o consumo de 7000 kWh e de 5000 litros de água? Deixando de imprimir aquilo que não é estritamente necessário geramos um impacto positivo no planeta, evitando o desgaste de nossos recursos.

Com a ação do Bosque Virtual da MAPFRE, nossos funcionários podem acessar regularmente para conhecer os dados de seu consumo e, pouco a pouco, graças a esta conscientização, ir reduzindo o volume de papel que imprimem. É importante mencionar que, se não nos resta mais nada a não ser imprimir, podemos fazer isso configurando a impressão da forma mais responsável possível, controlando o papel, toner e energia utilizada, alcançando assim uma economia de até 20 por cento. Além disso, quando o papel deixar de ter utilidade, deve depositar-se no contêiner de segurança para papel para sua destruição e posterior reciclagem.

Nossa estratégia de compensação de emissões de gases de efeito estufa

O Plano Corporativo de Pegada Ambiental da MAPFRE integra uma estratégia corporativa de compensação de gases de efeito estufa (GEE), que estabelece os critérios internos que a empresa avalia ao selecionar projetos de compensação de emissões que não podem ser reduzidas. O objetivo é agir preferentemente sobre a recuperação dos ecossistemas mediante soluções baseadas na natureza e a preservação da biodiversidade.

Parte desta estratégia é a criação em 2021 do “Bosque MAPFRE” que, baseado em atividades de reflorestamento para compensar a pegada MAPFRE na Espanha e em Portugal, reúne todas as plantações desenvolvidas pelo Grupo para criar sumidouros de carbono que apoiem a luta contra a mudança climática.

Graças a esta ação, contribuímos para repovoar quase 5 hectares de zonas afetadas pelo desflorestamento entre a Espanha e Portugal com a plantação de mais de 6.500 árvores, contribuindo, assim, para eliminar 4.000 toneladas de CO2 da atmosfera e reduzindo 21 % das emissões de carbono emitidas pela seguradora nestes dois países.

Com o projeto CO2 REVOLUTION na Espanha, plantamos um total de 4.874 árvores no município de Cerdedo-Cotobade, em Pontevedra, para regenerar a biodiversidade de um espaço degradado por incêndios. Em Portugal, com a associação “Plantar Uma Arvore”, colaboramos para promover a regeneração de áreas protegidas com o plantio de 1.667 árvores de espécies nativas no Parque Natural de Sintra-Cascais, o que melhora a taxa de sobrevivência, a biodiversidade e a resistência ao fogo.

Além destas ações na península Ibérica, no Brasil plantaram-se 1.200 árvores em uma área de interesse ambiental através do projeto Amigos do Bosque e iniciou-se o projeto piloto com ECOACSA e o Instituto LIFE (Lasting Initiative for Earth) do Brasil, que promove a participação do setor empresarial na conservação da biodiversidade e a manutenção dos serviços dos ecossistemas.

Mais além dos grandes projetos de reflorestamento, a responsabilidade corporativa, e suas ações pela sustentabilidade, começam por cada um dos funcionários da empresa. Este bosque virtual que agora inauguramos é uma janela que ajudará cada um a ser mais consciente do efeito que uma decisão como imprimir uma documentação pode ter, com dados exatos, em tempo real e ligados ao impacto real sobre o ecossistema.

ARTIGOS RELACIONADOS: