MAPFRE
Madrid 2,216 EUR -0,02 (-1,07 %)
Madrid 2,216 EUR -0,02 (-1,07 %)

SUSTENTABILIDADE | 07.05.2024

O futuro profissional: estratégias para reter talento e melhorar o bem-estar na empresa

Laura Calonge

Laura Calonge

A escuta ativa e a medição contínua ajudam a consolidar o talento e o bem-estar no trabalho na empresa.

Em um ambiente mutável e competitivo como o atual, reter o talento a médio e longo prazo é um desafio para as empresas, pois é um dos seus ativos mais importantes. A conciliação e o bem-estar no trabalho são fatores-chave na permanência dos trabalhadores a longo prazo, evitando a rotatividade de pessoal que significa um gasto de recursos, tempo e energia para ambas as partes. Se alguma coisa nos ensinou o big quit ou a “grande desistência“, é que, afinal, os trabalhadores não se importam apenas em ter um bom salário ou um trabalho de prestígio: sua satisfação pessoal é igual ou mais importante que os fatores mencionados.

O professor da Escola de Negócios Mays da Universidade do Texas, Anthony Klotz, foi quem cunhou o termo “a Grande Renúncia” para se referir ao abandono massivo de postos de trabalho por parte dos trabalhadores após a pandemia da covid-19. Este fenômeno começou nos EUA em 2021 e foi replicado em diferentes pontos do planeta, sem distinção de categorias profissionais. Klotz concentrou suas pesquisas nos motivos que incentivam os trabalhadores a abandonar seus cargos e como o contato com o ambiente afeta os funcionários. Esta situação representou uma grande aprendizagem para as empresas que querem fazer a diferença: para sermos realmente competitivos, não só precisam atrair talento, mas sim conservá-lo, e isso passa por colocar os trabalhadores no centro e criar um clima de bem-estar no trabalho.

Na MAPFRE assim entendemos e, por isso, incorporamos em nossas prioridades a criação de um plano de qualidade no emprego, baseado no desenvolvimento e na satisfação profissional. Aplicamos um modelo de escuta ativa e de medição contínua que facilita a participação direta dos funcionários através de diferentes propostas. De um lado, estão os grupos de escuta e participação, nos quais se convida a participar de uma amostra do quadro de funcionários segmentado em focus groups (divididos por idade, antiguidade, procedência, promoção, etc.) e se contrasta a experiência de cada grupo com o resto. Do outro lado, o questionário eNPS® transacional facilita a medição através de questionários breves que complementam a escuta anterior. Além disso, existe a pesquisa anual de recomendação, satisfação e compromisso.

A importância do employee journey na retenção de talento

O employee journey é um termo utilizado para definir a trajetória completa de um funcionário em uma empresa. Proporciona uma ideia clara e útil para encaixar as aspirações de cada pessoa trabalhadora com a cultura corporativa e permite melhorar a experiência dentro da organização.

Ao adotar um enfoque centrado no employee journey, é cultivada uma cultura de compromisso e são geradas equipes mais produtivas e sólidas. Deste modo, favorece-se um fluxo contínuo de crescimento mútuo, onde a empresa e seu quadro de funcionários prosperam em conjunto, em um ambiente de colaboração e apoio.

Esta trajetória do funcionário com uma empresa começa mesmo antes de sua incorporação: com a primeira impressão que recebe como candidato através do anúncio de emprego, as referências de outros funcionários ou a reputação da empresa em meios. Depois que o candidato se torna funcionário, a trajetória continua por meio de sua integração, desenvolvimento profissional, reconhecimento e eventual desvinculação.

O ciclo completo do employee journey costuma ser dividida nas seguintes fases ou etapas:

  • Recrutamento: a interação com os candidatos durante o processo de seleção é a primeira tomada de contato. 
  • Boas-vindas: o recebimento favorece a integração no ambiente de trabalho e a cultura empresarial. 
  • Desenvolvimento: após o período de adaptação, reforçam-se as competências do funcionário através de treinamento, avaliação de competências, estabelecimento de objetivos e consolidação da relação com a empresa. 
  • Consolidação: nesta etapa, o reconhecimento no trabalho e as oportunidades de promoção reforçam a satisfação, a fidelização e o compromisso. 
  • Saída: o acompanhamento e despedida ao finalizar a relação de trabalho também é crucial na imagem que se conserva da empresa, e pode repercutir posteriormente na reputação.

Na MAPFRE, apoiamos cada uma das fases pelas quais nossos funcionários passam durante sua trajetória profissional. Para isso, contamos com planos de treinamento interno que melhoram a empregabilidade, a saúde, os benefícios sociais, um quadro inclusivo e diversificado onde se fomenta a paridade salarial, a inclusão e a diversidade cultural, geracional e de gênero.

Apostamos nas novas formas de trabalho que incluem a desconexão digital e formatos de trabalho híbrido e flexível, que favoreçam a conciliação. O futuro visa procurar uma experiência profissional alinhada com o marco da OMS para o Movimento Mundial pelo Bem-estar, promovendo aspectos tão importantes como o sentido do propósito, a satisfação pessoal e a saúde mental.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: