Madrid 1,673 EUR 0 (0,18 %)

SUSTENTABILIDADE| 21.09.2022

Cuidamos o futuro das pessoas

Thumbnail user

As empresas do setor segurador compartilham um desejo de transparência que é refletido, entre outras ações, na elaboração de um relatório anual pela UNESPA, a Associação Empresarial do Seguro na Espanha, denominado Memória Social do Seguro. Este relatório é estruturado em três pilares: Ambiental, Social e de Governança, com a apresentação de números e dados sobre como o seguro abrange todo o ciclo de vida das pessoas e como o setor está comprometido em se tornar um pilar fundamental para a sociedade.

As seguradoras, com os recursos pelos quais elas são responsáveis, não oferecem apenas proteção às pessoas, mas podem financiar projetos sustentáveis que contribuam para a sociedade além da rentabilidade. Atualmente, 76% das empresas seguradoras levam em conta os critérios ASG (Ambientais, Sociais e de Governança) em seus investimentos, projetos e desenvolvimentos. Na MAPFRE trabalhamos há quase 90 anos com um forte compromisso com as pessoas e o planeta, e hoje 100% de nossos prestadores estão homologados com critérios ASG e 90% de nossa carteira de investimentos é qualificada com os mesmos critérios.

Este compromisso está alinhado ao desejo de contribuir com a parte que nos toca para alcançar os objetivos mencionados na Agenda 2030 fazendo nossos próprios desafios comuns. Cuidar das pessoas a partir do presente para alcançar um futuro sustentável.

O seguro como alavanca para o desenvolvimento

Graças aos seguros, contamos com a tranquilidade e segurança que permitem enfrentar novos desafios, como vimos neste outro artigo. O seguro nos acompanha em quase todas as ações que realizamos e em todas nossas etapas da vida: protege nossas economias, cuida da nossa saúde e oferece uma maneira para facilitar os procedimentos e custos em caso de morte. Desta forma, o seguro contribui para reduzir as desigualdades e gerar uma sociedade onde as distâncias sejam cada vez menores.

O pilar Social: cuidando do presente e do futuro das pessoas

Economia

Com mais de dezenove milhões de participantes em instrumentos segurados relacionados com a economia, este âmbito é um dos principais focos do cuidado em relação ao futuro. Ainda mais se levarmos em conta que nesta categoria, como podemos observar no relatório da UNESPA, o instrumento mais popular são os planos de pensões, seguidos pelos seguros coletivos e de capital econômico. No total, o patrimônio segurado supera 252 bilhões de euros.  

Saúde

Praticamente um em cada quatro habitantes da Espanha (24,41%) possui um seguro relacionado com a saúde, sendo Madri (38,11%) e Catalunha (32,82%) as comunidades autônomas com maior população com um destes produtos. Em contraste, Cantábria e Navarra estão no fundo com 12,87% e 10,79%, respectivamente.

Estes seguros protegem todas as faixas etárias, embora o grupo de idade que mais possua seguros de saúde seja o das pessoas entre 41 e 50 anos, onde 20% da população é usuária deste produto.  

Seguros de vida e morte

Até 2021, mais de 40% da população espanhola tinha contratado um seguro de vida, aumentando gradativamente a percentagem nas faixas etárias para chegar até 60% da população com 70 anos ou mais.  

Automóvel

Outro dos produtos mais conhecidos e habituais é o seguro de automóvel, que está presente nos casos mais simples de avarias e reparos até situações mais graves, como acidentes.

Infelizmente, as estatísticas de acidentes de trânsito apresentam mais de 188.000 vítimas entre feridos, mortes e afetados pela morte de uma vítima: cônjuges, filhos, familiares… Todos eles são atendidos de uma maneira ou de outra pelo seguro.

Proteção do patrimônio

Os seguros para o lar, comunidades, negócios e indústrias oferecem tranquilidade e também capacidade de risco para progredir enquanto nos sentimos protegidos. No decorrer de 2021, o setor segurador efetuou pagamentos no montante de mais de 1,6 bilhões de euros por contratempos em lares e mais de 3,2 bilhões de euros em indenizações relacionadas com a atividade empresarial.

Emprego e igualdade

As empresas seguradoras apostam firmemente pelo emprego estável e de qualidade, com mais de 96% de contratos permanentes e como o nono setor do país com as melhores retribuições. Além disso, o impulso ao treinamento entre funcionários, a flexibilidade de horários e as possibilidades de trabalho remoto, bem como a promoção do talento interno e o cuidado da igualdade são ainda dignos de menção.

Neste último aspecto, a evolução desde 1987 foi o aumento de 31% do quadro de funcionários integrado por mulheres para 60% em 2021, com 30% dos cargos executivos do setor preenchidos por mulheres. No caso da MAPFRE, as mulheres representam 55% dos empregos e 57% das incorporações durante 2021, ano em que mais de 49% das vagas em postos de responsabilidade também foram preenchidas por mulheres.

Fora do próprio setor, o seguro também está presente como benefício das empresas para seus trabalhadores em múltiplas formas, como seguros de vida, saúde e de previdência complementar.

Treinamento e cultura financeira

Durante 2021, os programas de treinamento impulsionados pelo setor, tanto em cursos de FP Dual em Seguros quanto em educação financeira, continuaram sua implementação, com mais de 2.500 alunos entre 15 e 17 anos treinados em economia básica, riscos e produtos financeiros mais habituais.

O pilar ambiental

As empresas seguradoras, por si só e através de suas alianças com o setor público, representam um valioso recurso para a proteção do meio ambiente, tanto nos casos em que os desastres naturais causam danos quanto naqueles em que a mão do homem origina esses danos.

Mas não são indenizados apenas os danos. O setor está comprometido com a transição para novas formas de energia e novas formas de mobilidade, que respeitem ainda mais o meio ambiente, e é um parceiro fundamental da agricultura e pecuária diante do clima, das doenças e dos acidentes.

Na MAPFRE somos muito conscientes do meio ambiente como um dos pilares de nossa política de Sustentabilidade, que você poderá descobrir nesta seção de nossa web.

Governança

Como mencionado no início deste artigo, o setor segurador está comprometido com a transparência e o compromisso com a sociedade. É por isso que promovemos políticas de boa governança, éticas e socialmente responsáveis, assim como o diálogo tanto interno quanto externo como uma maneira de aliar esforços entre o setor privado, público e a cidadania para cuidar, cuidar de nós mesmo e aderir à transformação marcada pelos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e a Agenda 2030.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: