MAPFRE
Madrid 2,198 EUR 0,03 (+1,2 %)
Madrid 2,198 EUR 0,03 (+1,2 %)

INOVAÇÃO| 22.05.2024

O impacto da indústria conectada no setor automotivo

Thumbnail user

Com a irrupção e o crescimento da Indústria 4.0 como padrão para a fabricação, o setor automotivo experimentou uma grande transformação digital liderada por inovações como a inteligência artificial, a analítica avançada ou a IoT. CESVIrecambios, Centro Autorizado de Tratamento (CAT) da CESVIMAP, Centro de i+D da MAPFRE, foi um dos primeiros de sua categoria a aplicar tecnologia própria desta indústria no início dos anos 2000.

Nos últimos anos, a indústria automotiva experimentou uma transformação significativa impulsionada pela adoção de tecnologias emergentes, englobadas no conceito da ‘Indústria 4.0’. Esta mudança de paradigma modificou os métodos de design, fabricação e manutenção de veículos, redefinindo a interação entre máquinas e seres humanos nas linhas de montagem.

Graças à implementação de inovações como a inteligência artificial, a Internet das Coisas (IoT) ou a robótica avançada, as plantas de produção se converteram em espaços de alta eficiência e automatização. Estes avanços permitem cumprir com as crescentes demandas de personalização dos consumidores, e avançar em direção a padrões mais altos de sustentabilidade e eficiência energética, entre muitos outros benefícios.

O contexto atual da Indústria Conectada

A Indústria 4.0 introduziu um nível de flexibilidade e eficiência sem precedentes no setor automotivo. A irrupção de sistemas de fabricação inteligente permite ajustar as linhas de montagem de forma automática para produzir diferentes modelos de carros, otimizando o uso do tempo e os custos de produção. Por sua vez, a digitalização da cadeia de fornecimento reforçou a transparência e melhorou a coordenação entre os diversos elos desta cadeia; isto se traduz em uma gestão mais ágil e uma menor incidência de erros ou atrasos.

As inovações fundamentais que impulsionam a Indústria 4.0 no âmbito automobilístico incluem a inteligência artificial (IA), empregada para antecipar e prever necessidades de manutenção, inventário, etc., ou otimizar rotas logísticas, entre outros; a IoT, que facilita a conexão e o controle centralizado de máquinas e dispositivos ao longo da cadeia de valor; ou a robótica avançada, que revolucionou as linhas de montagem. Fabricantes como BMW e Toyota, por exemplo, adotaram robôs colaborativos que operam junto com humanos sem barreiras de separação, aumentando a produtividade e a segurança no trabalho.

Adaptação contínua em CESVIrecambios

CESVIreambios adotou um enfoque progressivo para integrar as inovações da Indústria 4.0 em suas operações, demonstrando um compromisso contínuo com a melhoria e a adaptação tecnológica, e sendo um dos primeiros centros de tratamento de veículos a aplicar tecnologia própria desta indústria.

CESVI RECAMBIOS

A empresa introduziu sistemas avançados de automatização e análise de dados para otimizar o ciclo de vida dos veículos sinistrados, desde sua recepção até sua desmontagem e reciclagem. Esta transformação aumentou a eficiência dos processos e melhorou a precisão na separação e classificação de materiais, essencial para maximizar a reutilização de componentes e minimizar o impacto ambiental. Ao incorporar soluções de inteligência artificial e aprendizagem automática, CESVIreambios conseguiu antecipar necessidades operacionais e ajustar seus fluxos de trabalho em tempo real, fortalecendo sua capacidade para adaptar-se às flutuações do mercado e às exigências regulatórias.

CENTRO CESVI RECAMBIOS

Em sua transição para práticas mais sustentáveis, a CESVIrecambios adotou os princípios da economia circular, focando na redução de desperdícios e na valorização de recursos. Esta estratégia beneficia tanto o meio ambiente como a cadeia de valor do negócio, oferecendo materiais a custos reduzidos e com menor impacto ecológico. Além disso, a incorporação de sistemas “human-in-the-loop“ permitiu que as decisões fossem tomadas a partir de um enfoque humano, garantindo que a inovação complemente e amplie as habilidades dos trabalhadores.

“CESVIrecambios se destaca pelo seu impulso para um futuro mais integrado e sustentável dentro da indústria automotiva. Temos um firme compromisso com a implementação de tecnologias avançadas e estratégias inovadoras que não só otimizam a eficiência das nossas operações, mas também defendem uma produção mais respeitosa com o meio ambiente. Esta dedicação se reflete na adoção de práticas de economia circular e na integração de sistemas que colocam as pessoas e o planeta no centro dos nossos processos industriais “, comenta Mª José San José, diretora da CESVIrecambios.

A Europa olha para o futuro com a Indústria 5.0

A Europa avança para um futuro promissor com a incorporação da Indústria 5.0, um enfoque que potencializa o fator humano no coração dos processos industriais e fortalece a sustentabilidade.

Este novo paradigma busca a eficiência mediante a automatização e a inteligência artificial, destacando a colaboração entre humanos e máquinas, a personalização da produção e a adoção de práticas ecológicas e socialmente responsáveis. A Indústria 5.0 promete revolucionar ainda mais como os veículos são projetados e fabricados, priorizando a adaptabilidade e garantindo um baixo ou nulo impacto ambiental.

A médio e longo prazo, essa transição deverá melhorar a resiliência e a competitividade das empresas, definindo um futuro mais sustentável para a indústria. Este enfoque garante que o avanço tecnológico e de inovação progrida em harmonia com as necessidades do meio ambiente e as expectativas sociais, estabelecendo novas bases para o desenvolvimento industrial na Europa.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: