MAPFRE
Madrid 2,13 EUR -0,01 (-0,37 %)
Madrid 2,13 EUR -0,01 (-0,37 %)

ECONOMIA| 09.01.2024

O que é a cuesta de enero e como superá-la com sucesso?

Thumbnail user

Janeiro costuma ser o mês mais complicado economicamente do ano para muitas famílias devido à conhecida "cuesta de enero". Mas a que se refere este termo?

A Real Academia Espanhola define como "período de dificuldades econômicas que coincide com este mês em consequência das despesas extraordinárias feitas durante as festas de Natal".

A cuesta de enero é um fenômeno global que se apresenta na economia durante o mês de janeiro devido ao excessivo gasto realizado pelas famílias no mês de dezembro, pelas festas de fim de ano, a compra de presentes de natal e pela alta normal sofrida pelos preços como consequência da inflação.

Além disso, algumas obrigações de pagamento, como impostos, seguros ou contas adiadas em dezembro, começam a vencer em janeiro, acrescentando mais pressão econômica.

Como se apresenta a cuesta de enero de 2024 para as famílias?

Se há duas medidas que nos permitem responder a esta pergunta, estas são o IPC e a evolução da taxa de poupança das famílias durante o último ano.

O Índice de Preços ao Consumo (IPC) é o custo de uma cesta básica para uma residência média espanhola. É uma maneira de calcular o custo de vida, levando em consideração os preços de produtos tão díspares como alimentação, combustíveis e outros.

Este índice terminou em dezembro com um aumento de 3,1% segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE). Isto, que deverá ser confirmado em meados de janeiro, é uma notícia moderadamente otimista, já que significa que a inflação terminou em 2023 muito abaixo da de 2022 (5,7%) ou da de 2021 (6,5%).

Parece que os salários recuperam, assim, parte do poder aquisitivo que há dois anos está em queda.

O segundo índice a levar em conta é a evolução da taxa de poupança das famílias. Para 2023, o INE compartilhou dados que mostram uma capacidade de economia de 3,3% de sua renda. Em 2022, para o mesmo trimestre, esta capacidade era de -2,3%.

Neste contexto, as famílias espanholas começam a aliviar a pressão do custo de vida e a aumentar ligeiramente sua capacidade de economia, mas as taxas de juros aumentaram durante 2023, o que faz com que as famílias com dívidas hipotecárias vinculadas ao Euribor paguem agora mais do que em meses anteriores.

Como vemos, embora haja razões para certo otimismo, torna-se necessário ter uma boa estratégia de economia, principalmente nestes momentos de início do ano.

Como enfrentá-la com sucesso

Enfrentar a cuesta de enero não é fácil, por isso, ter um bom planejamento financeiro é crucial. Recomendamos alguns conselhos que podem ser aplicados para poder superá-la com sucesso:

  1. Previsão do gasto

O primeiro passo crucial para enfrentar a alta de janeiro com sucesso é realizar uma previsão de gastos antes do Natal. Como vimos em artigos anteriores, planejar durante todo o ano as finanças se transforma em uma ferramenta-chave. Crie um orçamento mensal detalhado que inclua os gastos habituais, economias e possíveis emergências.

  1. Planeje suas compras e tenha cuidado com as ofertas

Esta época do ano traz grandes ofertas e descontos com a intenção de que as pessoas gastem dinheiro em coisas que talvez não precisem. Por isso, é fundamental planejar antecipadamente as compras natalinas para não se deixar levar pelas tentações e comprar muito. Prepare uma lista de presentes e um orçamento para cada um, isto ajudará a evitar as compras impulsivas que possam causar problemas financeiros no futuro.

  1. Quanto você gastou finalmente neste Natal?

Depois de passar as festas, chega a hora de fazer uma avaliação honesta do gasto real que você fez durante as festividades. Revise sua conta bancária, recibos e compartilhe-os com seu orçamento inicial, isto pode fornecer informações valiosas sobre onde você gastou mais do que o planejado e permite identificar áreas de melhoria e estabelecer metas realistas para as próximas férias festivas.

Ao compreender as causas, avaliar gastos passados e planejar com antecedência, é possível não apenas superar a cuesta de enero, mas também estabelecer bases sólidas para o futuro econômico.

Enfrentar a cuesta de enero com sucesso requer uma combinação de consciência financeira, planejamento e ação estratégica respaldada por dados econômicos.

Os motivos para economizar evoluem ao longo da nossa vida, mas fazer isso é sempre uma necessidade para todas as famílias.  Aprender a economizar é essencial, como já vimos neste artigo anterior, já que nos permite criar um fundo de emergência, liquidar nossas dívidas, investir e planejar a médio e longo prazo.

As diversas soluções oferecidas pelos sistemas financeiros ajudam a constituir uma quantia em um determinado tempo ou permitem obter uma rentabilidade a uma economia já constituída. Na MAPFRE, oferecemos serviços de assessoria de economia e de investimento, com planos que se ajustam a todos os tipos de perfis.

Os seguros de poupança oferecidos pela MAPFRE, por exemplo, são um processo simples e fácil de administrar no qual escolher entre contribuições únicas ou pequenas e recorrentes, com a periodicidade desejada, que permitem construir e planejar uma economia que nos ajude a superar qualquer situação, seja uma cuesta de enero ou qualquer outra que possa aparecer de maneira imprevista.

Na MAPFRE, trabalhamos para aproximar conselhos e tips financeiros à população, porque o conhecimento é uma ferramenta-chave para tomar boas decisões.

ARTIGOS RELACIONADOS: