MAPFRE
Madrid 2,28 EUR -0,03 (-1,38 %)
Madrid 2,28 EUR -0,03 (-1,38 %)

ECONOMIA | 10.07.2023

Como gerenciar seu dinheiro digitalmente?

Thumbnail user

Se você é um nômade digital ou está planejando tirar férias longe de casa neste verão, aprender a gerenciar seu dinheiro online será muito útil.

Ter controle sobre seus gastos permitirá economizar, criar um fundo de emergência e pagar suas dívidas. A boa notícia é que a tecnologia pode ser uma aliada.

Algumas dicas para gerenciar seu dinheiro digitalmente

    1. Use aplicativos para registrar suas despesas 

    Uma das formas mais simples de aprender a gerenciar seu dinheiro é registrando todos seus gastos. Este hábito permitirá que você entenda para onde seu dinheiro está indo e em quais categorias é possível cortar gastos (assinaturas que não são utilizadas, atividades de lazer, cafés para viagem e outras despesas pequenas, por exemplo). 

    Embora muitas pessoas usem os aplicativos móveis de seus bancos, há aquelas que preferem registrar seus gastos em aplicativos especializados. Hoje em dia, há uma grande oferta que cumpre esta função. O desafio é encontrar o que melhor se adapta a você. Alguns exigem que você vincule sua conta bancária e outros não. Naqueles que não, você deve registrar suas despesas manualmente. 

    Uma vez que o aplicativo coletou informações suficientes sobre seus gastos, ele pode categorizá-los, fazer relatórios, gráficos e infográficos que o ajudarão a entender suas finanças. Estas informações permitirão criar um orçamento mensal realista e estabelecer objetivos SMART (específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e a tempo). 

    Alguns aplicativos enviam notificações e alarmes quando você está se aproximando de seu limite de gastos. Esta função é especialmente útil se você estiver começando na organização de suas finanças e ainda não tiver incorporado quanto pode gastar por dia, por semana ou por mês. 

    1. Utilize aplicativos para dividir seus gastos compartilhados com outras pessoas 

    A tecnologia também pode nos ajudar a gerenciar nossos gastos compartilhados com outras pessoas. Se neste verão está planejando fazer uma viagem com amigos ou sua família, usar uma ferramenta para dividir gastos economizará muito tempo e mal-entendidos. 

    Esse tipo de aplicativos também podem ser úteis se você mora com seu parceiro, amigos, família ou se divide um apartamento com outras pessoas. É possível adicionar as contas de água, gás e luz, além de produtos de limpeza e outras despesas comuns, para que o app os divida igualmente.  

    1. Utilize aplicativos para economizar 

    Aprender a registrar e dividir nossos gastos com maior precisão nos permitirá economizar. Há também aplicativos que permitem separar uma pequena quantia todos os dias ou com cada compra. Esta forma progressiva de economizar permite incrementar nossas economias sem que isto represente um grande esforço.  

    Algumas ferramentas de economia sugerem orçamentos diários com base em sua renda mensal e objetivos de economia. Dependendo de quanto você gasta, o aplicativo dirá como é possível alcançar seus objetivos. 

    Entretanto, devemos lembrar que, quando se trata de incrementar nossas economias, os especialistas recomendam separar uma porcentagem de nossa renda mensal no início do mês. Este conceito é conhecido como “pague a si mesmo primeiro” e propõe que, em vez de esperar até o final do mês para economizar o que não gastamos, devemos separar 10% ou 20% de nossa renda no início do mês e esquecer que contamos com esse dinheiro. Isto permitirá pagar nossas dívidas, criar um fundo de emergência e, na melhor das hipóteses, investir. 

    Lembre-se de que, embora existam muitas ferramentas digitais de gestão financeira, é preciso encontrar aquela cuja interface, design e funções se adaptem melhor a sua situação e necessidades atuais.  

    ARTIGOS RELACIONADOS: