logo-mapfre
Madrid 1,819 EUR 0,03 (+1,62 %)
Madrid 1,819 EUR 0,03 (+1,62 %)
Baterias usadas de Veículos Elétricos outra vida
útil é possível

O Plano Corporativo de Pegada Ambiental 2021-2030 prevê reduzir pela metade nossa pegada de carbono.

A aposta da MAPFRE pela Economia Circular é a chave para uma transição energética bem-sucedida, onde o uso de materiais sustentáveis, o consumo consciente de recursos e a redução e recuperação de resíduos são essenciais.

Reduzir, reutilizar e reciclar é uma de nossas prioridades.

Na MAPFRE, estamos comprometidos com o Meio Ambiente

O CESVIMAP, Centro P&D da MAPFRE desenvolveu uma bateria de segunda vida a partir dos módulos das baterias usadas de veículos elétricos.

  • Residuos

    O Plano Pegada Ambiental 2030 estabelece um objetivo de recuperação de 84% dos resíduos gerados nas operações globais até 2024

    Fonte: OMS

  • Reciclaje

    2.960 toneladas de resíduos reciclados para a produção de outros produtos ou destinados a processos industriais, o que corresponde a 95% do total gerado em 2021

  • Piezas de vehículos

    Mais de 1.550.000 peças de veículos reutilizadas em diferentes mercados

  • Economía Circular

    A MAPFRE foi a primeira seguradora na Espanha a assinar o Pacto para uma Economia Circular

  • Residuo Cero

    A MAPFRE recicla, em média, 35o toneladas de resíduos por ano. A companhia tem certificação de “Resíduo Zero” em sua sede corporativa

  • Datos

    Em 2022, a MAPFRE reduzirá a geração de resíduos em 5% e aumentará sua recuperação em 3%

oportunidades

Na MAPFRE, acreditamos nas segundas oportunidades

Para uma mobilidade limpa

A mobilidade sustentável é um dos pilares para a descarbonização global. Reduzir as emissões de poluentes e de efeito estufa na atmosfera é o principal desafio diante da mudança climática.

Neste cenário, o setor de transporte, responsável por 20,4% das emissões de CO2, tem a oportunidade de contribuir para frear a emergência climática com a expansão da utilização de veículos elétricos (VE).

•	The greenhouse gas emissions produced by an EV are 50% lower for each kilometer traveled than those produced by an internal combustion vehicle.

As emissões de gases do efeito estufa por km percorrido de um VE são 50% menos que as de um veículo a combustão.

•	At the end of 2020, there were 10 million EVs on the road worldwide, which prevented 50 million metric tons of CO2 from being released into the atmosphere.

Os 10 milhões de VE que circulavam no mundo no final de 2020 evitaram a emissão de 50 milhões de toneladas de CO2 para a atmosfera.

Os maiores fabricantes de veículos anunciaram planos para ampliar seus modelos e suas produções de veículos elétricos. A Agência Internacional de Energia calcula que em 2030 mais de 230 milhões de veículos elétricos circularão pelas estradas do mundo.

As vendas de VE aumentaram 121% globalmente em 2021

As vendas de VE aumentaram 121% globalmente em 2021

No final de 2022 mais de 26 milhões de VE circularão em todo o planeta

No final de 2022 mais de 26 milhões de VE circularão em todo o planeta

Europa, agosto de 2021: pela primeira vez se venderam mais veículos elétricos e híbridos recarregáveis que a diesel

Europa, agosto de 2021: pela primeira vez se venderam mais veículos elétricos e híbridos recarregáveis que a diesel

Noruega, setembro de 2021: 9 em cada 10 carros vendidos foram elétricos ou híbridos recarregáveis

Noruega, setembro de 2021: 9 em cada 10 carros vendidos foram elétricos ou híbridos recarregáveis
elétricos Venda global de VE por cenários
0 2 4 6 8 10 12 14 2020 2025 2030 UE
0 2 4 6 8 10 12 14 2020 2025 2030 ESTADOS UNIDOS
0 2 4 6 8 10 12 14 2020 2025 2030 CHINA
0 2 4 6 8 10 12 14 2020 2025 2030 JAPÃO
2 0 4 6 8 10 12 14 2020 2025 2030 ÍNDIA
2 0 4 6 8 10 12 14 2020 2025 2030 DEMAIS PAÍSES
Previsão de acordo com as políticas estaduais atuais Cenário após o desenvolvimento sustentável Cenários de evolução da venda de veículos elétricos (milhões de unidades)
A importância das baterias

A evolução dos veículos elétricos depende da bateria. O impacto ambiental de sua fabricação e sua vida útil são desafios inadiáveis para uma indústria que procura ser sustentável.

Desenvolver modelos de baterias de maior autonomia, mais leves, duradouras, eficientes e econômicas marcará o ritmo de substituição dos veículos a combustão e a transição para uma mobilidade limpa.

Reciclagem e
reutilização
chaves para a
sustentabilidade
chaves
Na Europa somente se recicla 5% das baterias dos VE
Na Europa somente se recicla 5% das baterias dos VE

Com o ritmo de expansão da mobilidade sustentável, a partir de 2027 será preciso reciclar mais de 50 mil toneladas de baterias. Enquanto se desenvolvem novas tecnologias de reciclagem, a principal aposta é não destruir totalmente aquelas que ainda possam servir.

As baterias dos VE acidentados até agora são tratadas como resíduos e administradas como tais para sua possível reciclagem. Por isso, reutilizar as baterias usadas é uma prioridade. Como reconhece Enrique Zapico, especialista em Mobility Lab do CESVIMAP, “seja para reparar outro veículo elétrico, como armazenamento energético, ou para reciclar materiais que se encontram dentro da bateria, reutilizar esta última é uma iniciativa verde e limpa”.

A segunda vida das baterias reduz em até 70% as emissões de CO2
A segunda vida das baterias reduz em até 70% as emissões de CO2

O primeiro passo para dar às baterias usadas uma segunda vida é diagnosticar corretamente o estado de suas células de armazenamento energético. Para o seu aproveitamento é desejável que seja superior a 70%.

“Graças a Second Life, desenvolvemos uma bateria de segunda vida a partir dos módulos das baterias usadas de veículos elétricos”, explica Enrique Zapico.

O CESVIMAP, o Centro de P&D da MAPFRE, testa a eficácia das baterias recuperadas para construir um sistema de recarga móvel para veículos elétricos.

Além da reutilização de baterias, o CESVIMAP desenvolve projetos de ponta vinculados à reciclagem de peças de automóveis em âmbito global.

No Brasil, a MAPFRE se uniu a Baterias Moura, empresa com mais de 60 anos de experiência e um dos principais prestadores na América do Sul, para o correto descarte de baterias de automóveis recuperados.

Desde a assinatura do acordo reciclaram-se mais de 8 toneladas de resíduos de baterias de chumbo
Desde a assinatura do acordo reciclaram-se mais de 8 toneladas de resíduos de baterias de chumbo

O CESVIMAP é o centro de desmantelamento mais avançado da Europa. Os veículos são descontaminados, cuidadosamente desmontados, e as peças de automóveis recebem uma segunda vida.

Para a MAPFRE é importante estender a sustentabilidade a todo o ciclo de vida destas peças.

bateria

Assim se
recicla uma

bateria

1 Uma bateria elétrica nova compõe-se de células e módulos onde vão montados seus componentes.
Uma bateria elétrica nova compõe-se de células e módulos onde vão montados seus componentes.
2 Quando os packs das baterias chegam ao fim de sua vida útil por acidente, diminuição de seu rendimento ou degradação é preciso verificar o funcionamento e a qualidade.
Quando os packs das baterias chegam ao fim de sua vida útil por acidente, diminuição de seu rendimento ou degradação é preciso verificar o funcionamento e a qualidade.
3 O SOH (State of Health) ou estado de saúde reflete a relação entre a capacidade prática máxima e a capacidade teórica de uma bateria.
O SOH (State of Health) ou estado de saúde reflete a relação entre a capacidade prática máxima e a capacidade teórica de uma bateria.
4 Se o SOH é superior a 90%, a bateria pode ser aproveitada em outro veículo. Se é inferior a 60%, podem ser reciclados os minerais com maior valor para a fabricação de novas baterias.
Se o SOH é superior a 90%, a bateria pode ser aproveitada em outro veículo. Se é inferior a 60%, podem ser reciclados os minerais com maior valor para a fabricação de novas baterias.
Casos de
boas práticas
de reutilização
de caterias
reutilização
Iluminar um estádio de futebol
Iluminar um estádio de futebol

O estádio de futebol do Ajax, de Amsterdã, conta com a energia de 148 baterias reutilizadas de veículos elétricos. Além da energia procedente de painéis solares, o Johan Cruyff Arena tem apoio de 3 megawatts de potência que sairão das baterias usadas de automóveis Nissan Leaf. Os responsáveis pelo projeto asseguram que, desta maneira, as baterias podem ter até 22 anos de vida útil.

Fornecimento elétrico de uma cidade
Fornecimento elétrico de uma cidade

Em Melilla, na Espanha, uma central térmica utiliza baterias antigas de 78 carros como fonte de energia para o fornecimento elétrico da cidade. Desta forma consegue-se gerar uma potência de até 4 megawatts e uma energia máxima de 1,7 MWh. Ou, o que é o mesmo, pode injectar à rede elétrica energia durante 15 minutos em caso de incidência no sistema central.

Ponto de recarga para VE
Ponto de recarga para VE

No km 175 da rodovia Madri-Valência, na Espanha, há um ponto de recarga alimentado por baterias de segunda vida de 14 VE. O local conta com uma potência de 100 kW, o que permite a recarga ininterrupta durante 2 horas em potência máxima.

Armazém de energia em casas e PMEs
Armazém de energia em casas e PMEs

O macroprojeto europeu EBA250 pretende recuperar pacotes de baterias para que sirvam de abrigo de energia em locais com sistema de energia fotovoltaica.

Outras alternativas
Outras alternativas

Reutilização das baterias, uma vez desmontadas, para gerar energia em veículos menores como motos, bicicletas ou food trucks.

sustentável
Enrique Zapico
Enrique Zapico Head of Mobility LAB

MAPFRE Open Innovation

“Um dos eixos da Estratégia de Mobilidade Segura, Sustentável e Conectada 2030 é conseguir um transporte limpo e respeitoso com o meio ambiente, mais eficiente e que consuma menos recursos energéticos”.