MAPFRE
Madrid 2,216 EUR -0,02 (-1,07 %)
Madrid 2,216 EUR -0,02 (-1,07 %)

SUSTENTABILIDADE| 13.05.2024

MAPFRE recupera e recicla mais de 3.200 toneladas de resíduos, 92% do total de detritos do Grupo

Thumbnail user

Em 2023, recuperou 673 toneladas de peças de mais de 1.800 veículos sinistrados

  • A empresa aumenta a quantidade de resíduos reciclados, apostando no consumo responsável de recursos e na economia circular.

  • A MAPFRE ultrapassa o objetivo de recuperar 90% dos resíduos gerenciados pelo Grupo até 2030.

  • Está desenvolvendo o projeto “Resíduo Zero” com implementação em diferentes prédios na Espanha, México, Brasil e Porto Rico.

A MAPFRE se une ao Dia Mundial da Reciclagem, que é comemorado nesta sexta-feira, 17 de maio, uma data que demonstra o seu compromisso com a sustentabilidade e a economia circular, um dos principais desafios globais. 

No ano passado, 3.567 toneladas de resíduos em nível global foram gerenciadas, das quais 92%, 3.200 toneladas, passaram por processos de valorização, ou seja, recuperação, reciclagem ou produção de energia, representando dois pontos à frente do objetivo estabelecido até 2030.

Destaca-se a atividade do CESVIMAP, o centro de P&D da MAPFRE, que no ano passado recuperou, através de CESVIrecambios, 673 toneladas de peças de veículos sinistrados para sua reutilização após o tratamento de 1.887 veículos na Espanha. Este centro tecnológico global está especializado na reparação e reciclagem de veículos, entre outros serviços, e é uma referência em como descartar os veículos de uma maneira sustentável, prolongando a vida das peças, facilitando a reutilização de matérias-primas, como o plástico e o vidro, e reduzindo o consumo de energia. 

Desde a sua implementação, há mais de 40 anos, o centro também realizou “crash test” em baixa velocidade com mais de 800 veículos, entre carros, furgões, motos e patinetes elétricos, para avaliar seus danos e identificar métodos de reparação sustentável que evitem a geração de resíduos. Eles também usam baterias de veículos elétricos de segunda mão para armazenar a energia produzida pela usina fotovoltaica de autoconsumo localizada em Ávila. Graças a isso, o CESVIMAP produziu 75 MWh de energia fotovoltaica, aumentando em 21% a geração desta fonte de energia renovável. Além disso, o centro conseguiu um autoconsumo direto de 62 MWh, bem como 13 MWh para armazenamento e consumo diferido.

Neutros em carbono até 2030

A MAPFRE almeja se tornar uma empresa neutra em carbono até 2030, um compromisso com o qual promove o consumo responsável de recursos, redução, reutilização e reciclagem de resíduos, entre outras medidas. 

Em 2023, graças ao projeto Eco-RAEE, o Grupo reutilizou um total de 14.550,62 kg de equipamentos informáticos mediante doação e, na Espanha, 23% do total de equipamentos informáticos gerenciados foi recondicionado (atualizado), uma medida que evitou a emissão de 108 tCO2e. 

Duas outras iniciativas também merecem destaque: a assinatura eletrônica biométrica de documentos, que evitou o consumo de 276 toneladas de papel e, como resultado, a emissão de 251,75 tCO2e na Espanha e Portugal, e o projeto “Resíduo Zero”, com o qual reciclou 412 toneladas de resíduos em um ano, 100% dos resíduos gerados nos prédios de sua sede central de Majadahonda, em Madri. Esse modelo está sendo implementado em outros edifícios da Espanha e em outros países, como México, Brasil e Porto Rico.