MAPFRE
Madrid 2,338 EUR 0 (0,17 %)
Madrid 2,338 EUR 0 (0,17 %)

SUSTENTABILIDADE | 03.03.2023

MAPFRE se junta ao Dia Mundial da Eficiência Energética

Thumbnail user
Consumo 12% menor de energia por ano e evita a emissão de 4.095 Tm de CO2e para a atmosfera
  • Promove o consumo eficiente de energia e a utilização de energias renováveis para alcançar a neutralidade até 2030.
  • Em 2023, 40% do consumo atual de eletricidade na sede social, em Madri, será proveniente da instalação de autoconsumo fotovoltaico, o equivalente a 700 toneladas de CO2.
  • Ao longo do ano, serão implementadas iniciativas para adequar a climatização de seus edifícios em vários países. 
  • Até 2030, está comprometida a que 50% da superfície dos grandes edifícios de propriedade da empresa possuam certificação sustentável.

A MAPFRE avança em seu compromisso com a eficiência energética como elemento chave em sua estratégia de descarbonização e para alcançar a neutralidade até 2030 em todos os países onde está presente.

Em 2022, reduziu seu consumo de energia em 19.339.218 kWh, 12% a menos que em 2019, um valor que excede o objetivo previsto de redução de 3%, e que foi possível graças à implantação de modelos híbridos de trabalho, otimização de espaços de trabalhos, investimento em eficiência energética e renovação das frotas de automóveis para motores ECO e mais eficientes. Graças a esta redução em seu consumo, a seguradora evitou, no ano passado, a emissão de 4.095 Tm de CO2e para a atmosfera.

Atualmente, a empresa utiliza energia procedente de fontes 100% renováveis na Espanha e em outros países, e instalou painéis fotovoltaicos de maior potência na sede social, que permitirão gerar 3,34 GWh de eletricidade por ano, equivalente a todo o consumo elétrico do Grupo no México durante 2022. Com esta medida, espera-se que este ano 40% do consumo atual na sede social, em Madri, venha da instalação de autoconsumo fotovoltaico.

Ao longo do ano, também realiza outras iniciativas que permitem adequar a climatização em seus edifícios mediante campanhas como “Warm Biz”, na Espanha e na Argentina, voltada a economizar no consumo de energia no inverno, e “Cool Biz”, na Espanha e outros quatro países, para consumo energético no verão. Ambas as campanhas visam ajustar em um grau centígrado a temperatura de climatização, o que se traduz em uma economia aproximada de 7% no consumo de energia.

A seguradora também aposta pelo desenho e construção de edifícios com critérios de sustentabilidade e estabeleceu o objetivo de que até 2030 50% da superfície dos edifícios principais de escritórios em propriedade contem com um certificado de edificação sustentável LEED, BREEAM ou EnergyStar.

No final de 2022, 36% da superfície desses imóveis já contava com alguma destas certificações, que permitem alcançar reduções de 30% a 70% no uso de energia, de 30% a 50% no consumo de água e de aproximadamente 35% nas emissões de CO2.

Na atualidade, a empresa dispõe de um total de 44 edifícios Sede com certificado ISO 14001 de Gestão Ambiental e ISO 50001 de Gestão Energética dentro de um sistema integrado de gestão, que impulsiona o uso eficiente de energia, água e matérias primas.