logo-mapfre
Madrid 1,843 EUR -0,01 (-0,27 %)
Madrid 1,843 EUR -0,01 (-0,27 %)

SUSTENTABILIDADE| 24.01.2023

A educação como um caminho em direção à igualdade

Thumbnail user

A Agenda 2030 de desenvolvimento sustentável abrange um conjunto de objetivos globais que buscam impulsionar o desenvolvimento global e humano sustentável. Em 24 de janeiro, no Dia Internacional da Educação, a MAPFRE gostaria de mencionar a importância que o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 4: Educação de Qualidade, tem e nossa contribuição para a mudança.

De acordo com as Nações Unidas, grandes progressos foram alcançados no campo da educação durante a última década: as taxas de alfabetização aumentaram, especialmente em meninas, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido, muitas iniciativas para investir e muitos governos que precisam entender que a educação possibilita a mobilidade socioeconômica ascendente e ajuda a eliminar a pobreza. De fato, atualmente 1 em cada 11 crianças continua sem receber qualquer tipo de educação devido à falta de escolas próximas, aos conflitos ativos em diferentes partes do mundo e a outras problemáticas de diversos tipos. Isto é tão alarmante quanto parece: 244 milhões de crianças e jovens do mundo inteiro continuam sem escolarização. 

A falta de educação viola o artigo 26 da Declaração Universal dos Direitos Humanos: o direito à educação, que permite o crescimento pessoal, afasta a pobreza, acaba com a desigualdade e garante o desenvolvimento sustentável da sociedade. 

A educação reduz a pobreza

A brecha que separa a riqueza da pobreza está aumentando a cada dia e a educação é um dos conectores necessários entre ambas as realidades socioeconômicas. Sem educação não existe progresso e sem progresso a brecha econômica continua seu crescimento.

A educação não é uma maneira de escapar da pobreza, mas de combatê-la”Julius Nyerere, ex-presidente e fundador da Tanzânia

Receber uma boa educação aumenta significativamente as probabilidades de obter uma renda mais elevada e reduzir os níveis de pobreza. De acordo com o relatório da Oxfam Intermón sobre o papel da educação na luta contra a desigualdade, estima-se que com cada ano de educação a renda dos homens aumenta em até 10% e em até 20% no caso das mulheres. Assim, se todas as crianças do mundo recebessem educação primária e secundária, a pobreza extrema atual se reduziria pela metade. Além disso, as escolas são um ponto de encontro para alunos, onde são desenvolvidos valores e habilidades sociais que podem derivar em amizades ou contatos de interesse para o futuro.

A educação impulsiona a igualdade de gênero

Após uma longa história onde as mulheres não tinham direito à educação no mundo inteiro, o acesso a uma educação universal na maioria dos países garante atualmente a possibilidade de obter a mesma educação e o mesmo trabalho tanto para mulheres quanto para homens. 

Quanto maior o nível de educação das mulheres, mais autonomia e poder de decisão elas terão sobre suas vidas. A escolarização das meninas possibilita, quando adultas, conseguir empregos, escolher se desejam se casar ou quando ter filhos, apenas por mencionar alguns dos muitos outros problemas atuais para a população feminina em países com baixas taxas de escolaridade, especialmente na África e na Ásia. 

Em geral, um nível de educação elevado permite ser mais livre e tomar as próprias decisões.

O compromisso da MAPFRE com a educação

As grandes corporações podem fazer sua parte em termos de educação, para contribuir garantindo que todas as pessoas tenham as mesmas oportunidades. Na MAPFRE, há anos estamos comprometidos em seguir um roteiro ligado à Agenda do Desenvolvimento 2030 das Nações Unidas. Investir em educação é uma das prioridades do grupo para contribuir para o objetivo de alcançar um mundo mais sustentável, justo e equitativo. 

A educação financeira também é uma peça-chave para a consecução dos ODS da Agenda 2030 e, portanto, faz parte de nossos propósitos em matéria de educação. 

Este tipo de formação é fundamental no dia a dia para nos guiar em direção à estabilidade econômica, tranquilidade e para sermos capazes de tomar decisões informadas. Segundo as palavras da CNMV: 

“A educação financeira permite aos indivíduos melhorar a compreensão de conceitos e produtos financeiros, prevenir a fraude, tomar decisões adequadas a suas circunstâncias e necessidades e evitar situações indesejáveis derivadas bem de um endividamento excessivo ou de posições de risco inadequadas”.  Comissão Nacional do Mercado de Valores da Espanha (CNMV) 

Com isto, a boa gestão das finanças pessoais se torna uma ferramenta para a segurança e a liberdade pessoal. Na MAPFRE, compartilhamos regularmente com você artigos e relatórios relacionados a este assunto. Conheça todos os benefícios da educação financeira neste artigo.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: