Assembleia Geral Ordinária 2024

MAPFRE
Madrid 1,959 EUR -0 (-0,15 %)
Madrid 1,959 EUR -0 (-0,15 %)

INOVAÇÃO| 08.05.2023

Inteligência Artificial (IA): como ela pode ajudar em seu trabalho

Thumbnail user

A inteligência artificial, ou IA, é um campo da informática que se concentra no desenvolvimento de sistemas e programas informáticos capazes de executar tarefas que exigem inteligência humana, como a aprendizagem, o raciocínio, a percepção, a tomada de decisões e a resolução de problemas. Em outras palavras, a IA se refere à capacidade dos computadores de “pensar” e de “aprender” como os seres humanos fazem.

Esta tecnologia é baseada em algoritmos e modelos matemáticos que permitem que as máquinas processem grandes quantidades de dados e tomem decisões com base em padrões e tendências identificados nesses dados.

Em geral, a IA é empregada em uma ampla variedade de aplicações, de assistentes virtuais a sistemas de recomendação, do diagnóstico médico aos sistemas de direção autônoma. Com o passar do tempo, a IA demonstrou que é uma ferramenta poderosa para melhorar a eficiência, a precisão, a tomada de decisões e a personalização em vários campos e que continua evoluindo e melhorando à medida que novos algoritmos e tecnologias são desenvolvidos.

Há muitos motivos pelos quais o uso de ferramentas de inteligência artificial em seu trabalho pode ser muito benéfico. Precisamos pensar na IA como um complemento futuro para algumas tarefas que realizamos, dependendo do tipo de trabalho, e em nenhum caso como um substituto.

Principais benefícios que a inteligência artificial pode oferecer

Aprender a usar a ferramenta de inteligência artificial que melhor se adapta às suas tarefas pode facilitar muito o seu trabalho e ajudará a otimizar os recursos. Os benefícios básicos que ela pode complementar em seu dia a dia são os seguintes:

  1. Automatização de tarefas: deixar nas mãos da IA aquelas tarefas repetitivas e monótonas permite que os humanos se concentrem em atividades mais complexas e estratégicas.

  2. Eficiência: As IA podem analisar grandes quantidades de dados com muito mais eficiência e precisão do que os humanos, o que pode originar uma tomada de decisões mais informada em tempos muito mais curtos.

  3. Personalização: personalização da experiência do usuário de acordo com as necessidades e preferências individuais.

  4. Previsão e tomada de decisões: a IA pode ajudar a prever resultados e eventos futuros, o que pode ser útil em vários campos, desde as finanças até o atendimento médico.

  5. Aprendizagem automática: uma inteligência artificial é um modelo informático que pode aprender e melhorar de maneira rápida à medida que mais informações e dados são apresentados, com a possibilidade de processá-los em grande volume.

Setores que já estão investindo em inteligência artificial

De acordo com o estudo da Deloitte sobre a implementação da inteligência artificial nos negócios, 82% das empresas que investem em IA obtêm alto rendimento financeiro, com uma rentabilidade média de 17%.

A IA também ajuda a melhorar as operações e oferecer uma melhor experiência ao cliente. Por exemplo, a Netflix utilizou a IA para melhorar os resultados de busca e evitar a frustração dos clientes na hora de escolher conteúdo, economizando para a empresa 1 bilhão de dólares por ano em possíveis assinaturas perdidas por não encontrar conteúdo de interesse para o usuário e personalizando as sugestões de conteúdo graças à IA.

As indústrias tradicionais e as startups também estão utilizando a IA para tornar a produção mais eficiente, melhorando os processos repetitivos e permitindo que os funcionários se concentrem em tarefas mais complexas e de maior retorno.

As empresas de saúde e de ciências da vida também estão investindo em IA, de fato, já podemos ver os avanços em campos tão diversos quanto a radiologia ou a gestão de reclamações hospitalares, que demonstram que a IA oferece muitas vantagens no setor da saúde. A IA tem o potencial de criar um grande valor no atendimento da saúde como, por exemplo, na detecção precoce de algumas patologias, como o câncer de mama, que a partir de uma imagem, alcança uma detecção de 100% antes de que ocorra.  No entanto, até o momento só foram produzidos em laboratórios e levará algum tempo até que entrem na prática clínica, com médicos treinados no uso da inteligência artificial como aliada na detecção.

Em resumo, as ferramentas de Inteligência Artificial vieram para facilitar tarefas árduas, mas também podem criar novos empregos e oportunidades de carreira em áreas como programação, desenvolvimento de algoritmos e supervisão e manutenção de sistemas de IA. Além disso, a IA pode ainda melhorar a eficiência e a produtividade em muitos trabalhos, o que pode originar uma maior demanda de trabalhadores treinados ou especializados.

Em geral, o impacto da IA nos trabalhos dependerá muito do tipo de trabalho e da utilização da IA nesse trabalho. Claramente, os trabalhos que exigem habilidades interpessoais, como psicólogos, atendimento ao cliente, cuidadores, criativos ou tomada de decisões complexas, continuarão sendo necessários e insubstituíveis.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: