MAPFRE
Madrid 2,198 EUR 0,03 (+1,2 %)
Madrid 2,198 EUR 0,03 (+1,2 %)

ECONOMIA| 20.05.2024

Que investimentos têm vantagens fiscais na declaração da renda?

Mauricio Hernández

Mauricio Hernández

 

Muitos investimentos têm benefícios fiscais como reduções ou isenções de impostos. Falamos de planos de aposentadoria, hipotecas ou, por exemplo, a aquisição de fundos de investimento. Sim, se você não sabia… Investir tem muitas vantagens.

Muitos contribuintes desconhecem os benefícios fiscais que podem ser obtidos com apenas um pouco mais de informação. E, embora pareça incrível, é possível economizar investindo.

Você sabe que ao fazer a declaração da renda você pode desfrutar de vantagens tributárias? Deixe que um assessor fiscal da MAPFRE lhe conte tudo sobre isso

Você está pensando em fazer algum investimento? Este é o momento, porque existem formas muito simples para conseguir outras vantagens econômicas. Por exemplo, um plano de aposentadoria ou uma hipoteca podem ser subtraídos (ou ter alguma dedução) da sua declaração de imposto de renda. Existem até casos em que a Receita Federal pode devolver dinheiro, mas o segredo está em saber quando, como e em que investir.

Um plano de aposentadoria, uma aposta fácil e segura

Você sabia que, com a assinatura de um plano de aposentadoria, você pode deduzir até 1.500 euros por ano? Esta é uma das opções mais utilizadas e mais fáceis de realizar na declaração de imposto de renda. As aposentadorias são consideradas rendimentos de trabalho e as quantias contribuídas são subtraídas das receitas, pelas quais o imposto é calculado. Por exemplo, se uma pessoa recebeu 30.000 euros anuais por seu trabalho, mas destinou 1.000 deles a este produto financeiro, o cálculo do seu IRPF será calculado sobre 29.000. Em poucas palavras, é uma forma clara e direta de reduzir a quantidade tributável na declaração anual.

Agora, quais são os limites e as quantidades máximas a serem fornecidas? Até 2021 era possível reduzir até 2.000 euros por esta via (ou até 30% do valor tributável do imposto), mas agora é diferente. Em relação às obrigações tributárias de 2023, o limite mudou em função de se tratar de planos de aposentadoria individuais ou planos de aposentadoria de emprego (aqueles promovidos pelas empresas para complementar a aposentadoria da Previdência Social). No primeiro caso, esse limite foi reduzido em 500 euros, de modo que apenas 1.500 euros podem ser reduzidos na cobrança final. No segundo, falamos de 8.500 euros. Mesmo assim, em ambos os casos, mantém-se o limite de que o montante da dedução não supere 30% do valor tributável do imposto. 

Apesar da facilidade de obter esse simples benefício fiscal, há várias possibilidades para ter acesso a eles. Cada caso é diferente, e por isso empresas como a MAPFRE oferecem o serviço de um assessor para determinar qual é a melhor via para aproveitar estas vantagens no momento de fazer a declaração. Mesmo se o plano de aposentadoria for contratado com eles, pode-se contar com um bônus de até 6%.

As hipotecas: economiza até 15% do que foi pago no ano anterior

Com esta opção, o melhor é estudar cada caso particular para saber se é possível obter algum benefício fiscal. A primeira coisa a saber é que, para usufruir dessa vantagem fiscal, é necessário fazê-lo com uma residência principal. As segundas residências não se aplicam.

Se você comprou uma propriedade ou está pensando em adquirir um fundo de aposentadoria ou investimento, pode optar por vários benefícios fiscais

Além disso, os proprietários de imóveis que assinaram sua hipoteca antes de 1º de janeiro de 2013 e que aplicaram esse benefício fiscal sobre a renda anterior a esse ano são aqueles que poderão desfrutar desse benefício.

Uma vez atendidos esses requisitos, é possível deduzir até um máximo de 15% do que foi pago durante 2023 (em uma base máxima de 9.040 euros). Também é aplicável a benefícios fiscais com produtos associados à hipoteca, como os seguros de moradia ou amortizações antecipadas, mas é preciso ter em mente que as condições para isso são muito estritas.

Fundos de investimento, outra opção

Como em todos os casos de investimento, a informação é o mais importante. E, aqui, a primeira coisa a saber é que os fundos de investimento estão isentos de tributação até o momento do seu reembolso. Em poucas palavras, somente será preciso pagar impostos quando o capital do fundo for retirado. No entanto, se qualquer parte dessas ações tiver sido vendida, o imposto deverá ser pago sobre o ganho de capital.

Também para esses casos, a MAPFRE conta com uma equipe de assessores. Seu objetivo é guiar seus clientes para tomar as decisões mais adequadas no momento de tomar a decisão de investir.

Você pode consultar os melhores planos e fundos de aposentadoria da MAPFRE AM.

Você é proprietário de um imóvel e o aluga? Você também pode deduzir

Neste caso, a data também é fundamental. Somente os inquilinos que assinaram seu contrato antes de 2015 poderão aplicar uma redução na declaração de imposto de renda de até 10,5%. No entanto, caso se trate do proprietário de um imóvel que o tiver alugado, é necessário saber que também é possível desonerar todos os gastos relacionados com o IBI, os seguros que tiver a propriedade e os gastos da comunidade, bem como os impostos municipais.

Doações e outras contribuições

As pessoas que tiverem feito, ao longo de 2023, contribuições monetárias a partidos políticos, sindicatos, colégios profissionais ou entidades sem fins lucrativos poderão desonerar parte da quantia paga. 

Quanto às parcelas de afiliação e as contribuições a partidos políticos, federações ou coalizões, é possível deduzir até 20% (e até um máximo de 600 euros anuais). Em relação aos sindicatos, a porcentagem a ser deduzida pode estar entre 20 e 35%, sem limite para o valor a ser deduzido. E, no caso de colégios profissionais, o limite da dedução é de 500 euros. 

Por outro lado, há as doações. Neste caso, é preciso levar em consideração vários aspectos. Primeiro, a dedução tem um limite de base liquidável de 10% e não se aplica ao País Basco e Navarra, onde as porcentagens são de 20 e 25%. Além disso, as quantias a deduzir podem aumentar, mas somente se tiver sido doado nos dois anos anteriores à mesma organização sem fins lucrativos. 

E, finalmente, para doações inferiores a 150 euros, é possível deduzir até 80% do valor total. Se você contribuiu com mais, o benefício fiscal também é de 80% sobre os primeiros 150 euros doados e 40 ou 35% sobre o restante (para aplicar 40%, você deve ter doado um valor igual ou maior nos dois anos fiscais anteriores).

 

ARTIGOS RELACIONADOS: