MAPFRE
Madrid 2,194 EUR 0,02 (+1,11 %)
Madrid 2,194 EUR 0,02 (+1,11 %)

ECONOMIA| 27.03.2024

De poupador a investidor: cinco motivos para colocar o dinheiro para trabalhar o mais rápido possível

Thumbnail user

Não espere. O tempo certo nunca chega”. O escritor Napoleon Hill, pioneiro americano nos textos de superação e crescimento pessoal e autor do famoso livro “Pense e enriqueça”, resumiu desta forma um conceito universal para a vida. Se procuramos o momento perfeito para começar algo, podemos acabar nunca fazendo. A “análise excessiva” das informações, as casuísticas e os resultados podem paralisar o movimento, seja na hora de investir, empreender um projeto ou fazer qualquer tipo de mudança significativa.

Se levarmos este aprendizado para o campo das finanças, ele poderia ser expressado da seguinte maneira: o melhor momento para começar a investir foi ontem e o segundo melhor momento é hoje. Em outras palavras, o melhor momento para começar a trabalhar em seu planejamento financeiro e em seus objetivos é agora. O mercado de ações é imprevisível no curto prazo e muitos estudos demonstraram que o tempo no mercado é mais importante do que tentar cronometrar o mercado. Quer dizer que o valor do tempo não deve ser subestimado, especialmente quando se trata de investimentos e do crescimento pessoal. Começar o mais cedo que suas condições pessoais permitirem, já falamos anteriormente do colchão para emergências, permitirá que você aprenda com a experiência e se adapte à incerteza, enquanto alcança seus objetivos financeiros de longo prazo.

Porque a transição de poupador para investidor é um passo chave para aqueles que buscam não apenas preservar seu capital, mas incrementá-lo ao longo do tempo. Porque o risco real de não colocar o dinheiro para trabalhar e deixá-lo “descansar” debaixo do colchão ou em uma conta corrente sem nenhum tipo de remuneração é a perda de poder de compra devido à inflação. No longo prazo, manter todo o dinheiro em espécie pode encolher seu bolso, enquanto investir em opções que ofereçam retornos superiores à taxa de inflação pode ajudá-lo a cuidar dele e até mesmo fazê-lo crescer.

Por que começar a investir o mais rápido possível?

  1. Aproveite o “poder” dos juros compostos

Os juros compostos se referem à geração de juros sobre os juros ganhos anteriormente, além do capital inicial. Pense em uma “bola de neve”, que vai se tornando cada vez maior à medida que vai rolando. O mesmo se aplica ao seu investimento: este efeito aumenta com o tempo, o que significa que quanto mais cedo você começar a investir e mais tempo seu dinheiro ficar investido, mais tempo terá para crescer através dos juros compostos.

  1. Mitigar o impacto da volatilidade do mercado

Investir a longo prazo permite contornar as flutuações do mercado. Os mercados podem ser voláteis no curto prazo, mas historicamente tendem a se valorizar no longo prazo. Começar cedo dá a você mais tempo para que seu investimento se recupere das quedas e aproveite os períodos de crescimento.

  1. Hábitos financeiros saudáveis

Começar a investir ajuda a trabalhar a disciplina financeira e o hábito de economizar, o que se materializa na capacidade de manter a calma durante os períodos de volatilidade do mercado e em aderir ao seu plano de investimento, por exemplo, através de contribuições regulares, sempre com um olho no longo prazo. Esta disciplina e o controle emocional podem estabelecer as bases para uma vida de decisões financeiras sólidas.

  1. Liberdade financeira

Investir pode ser uma ferramenta poderosa para alcançar seus objetivos financeiros, sejam eles de curto, médio ou longo prazo. E há um objetivo que, embora pareça idílico, pode ser alcançado através do investimento bem planejado: a liberdade financeira. Isto significa ter dinheiro suficiente investido para viver do retorno desses investimentos, dando a você a liberdade para tomar decisões sobre sua carreira e sua vida sem estar limitado pelas necessidades financeiras imediatas.

  1. Diversificação

Depender de uma única fonte de renda, como o salário, pode ser arriscado: o investimento permite estender as fontes de renda através de dividendos, juros ou lucros de capital e fornecer uma camada extra de segurança financeira. Além disso, você também pode diversificar em termos de exposição a diferentes mercados e setores em todo o mundo, com a oportunidade de se beneficiar das economias e empresas em crescimento, independentemente de sua localização geográfica. De fato, este será um fator fundamental para reduzir o risco em sua carteira.

Seu perfil é muito conservador? O segredo é encontrar um equilíbrio entre a segurança e o crescimento potencial: começar com passos pequenos e se educar sobre as opções de investimento pode tornar o processo menos intimidante e mais benéfico no longo prazo. Além disso, leve em consideração que você não precisa começar investindo em opções com muito nível de risco. Há opções que permitem obter melhores retornos do que uma conta de poupança tradicional, como os fundos de investimento monetários ou os garantidos.

Passar de poupador a investidor é um passo essencial para a segurança no longo prazo. Começar cedo, a educação e adotar uma estratégia de investimento bem pensada pode fazer uma grande diferença em seu futuro financeiro. E, neste sentido, a questão principal não é encontrar o timing perfeito, mas o momento em si. Começar o mais rápido possível, inclusive com pequenas quantias, pode ter um impacto significativo. Depois disso, lembre-se de que sua situação financeira e seus objetivos mudarão ao longo do tempo, assim como o ambiente econômico. Por este motivo, revisar e ajustar regularmente sua carteira de investimentos, sua estratégia ou até seus objetivos, ajudará a garantir que ela continua alinhada com seus objetivos de longo prazo e sua tolerância ao risco.

E se em algum momento você decidir que não sabe por onde começar ou como abordar as múltiplas opções, falar com um especialista financeiro sempre pode ser um bom primeiro passo.

A MAPFRE conta com um serviço de assessoria financeira, a MAPFRE Gestión Patrimonial, que atualmente possui 10 escritórios em todo o território espanhol. Em seu novo Plano Estratégico 2024-2026, prevê ultrapassar os 2.000 milhões de euros em patrimônio e incrementar o número de escritórios para 16.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: