Madrid 1,625 EUR 0,02 (+1,5 %)

ECONOMIA| 08.09.2022

Conselhos para proteger nossas economias no outono

Thumbnail user

A crise energética, que veio acompanhada de um encarecimento generalizado dos preços, está obrigando os cidadãos a levar cada vez mais em conta as finanças pessoais.

Uma vez finalizada a temporada mais seca, a icônica frase da série Game of Thrones “Winter is coming” (o inverno está chegando) está ressoando mais que nunca: a problemática do petróleo (em que a Europa está tentando armazenar a maior quantidade possível para os meses mais frios), juntamente com o aumento da inflação e as pressões geopolíticas cada vez mais visíveis entre o Ocidente e Oriente, está fazendo com que as famílias repensem suas estratégias de economia para, de alguma forma, contornar os piores cenários possíveis.

Os últimos dados de uma inflação que ainda não se sabe se chegou ao teto (no mês de agosto ficou em 10,4%, mas a inflação subjacente -que desconta a energia e os produtos não elaborados- subiu até 6,4%) já mostram que os próximos meses não serão fáceis para os bolsos dos espanhóis. Com uma recessão, além disso, cada vez mais plausível, convém organizar-se e evitar surpresas inesperadas.

Por isso, na MAPFRE elaboramos alguns conselhos para proteger nossas economias no último trimestre do ano.

Organizar as contas. Como comentamos, o nível de preços não está passando desapercebido a ninguém e a única certeza é que a incerteza continuará por, ao menos, mais alguns meses. Um aumento generalizado dos preços significa, em última instância, uma menor renda disponível. E neste sentido o caminho mais rápido, e a priori mais simples, para minimizar os efeitos da inflação é reduzir os gastos pessoais, especialmente aqueles mais supérfluos e que não signifiquem uma prioridade em nosso dia a dia.

Gerenciar sua dívida Nem todos os tipos de dívida afetam as finanças do mesmo modo: segundo a taxa de juros, o montante pendente de pagamento ou as parcelas restantes, cada indivíduo pode classificar segundo estes critérios suas respectivas dívidas e determinar que dívida está custando mais. No entanto, outra das estratégias para preparar as dívidas em momentos complicados como o atual é consolidá-las: combinar todas as dívidas em um único empréstimo.

Criar cofrinhos virtuais. Segundo o Banco da Espanha, os cofrinhos virtuais “são uma alternativa atual ao tradicional cofrinho”. Assim, constituem uma ferramenta muito útil, permitindo separar da conta corrente parte dos rendimentos através de um sistema de automatização de contribuições. Na atualidade, boa parte das entidades bancárias contam com esta funcionalidade, fundamental no atual contexto. É, de acordo com o órgão, uma funcionalidade ideal “para ajudar a gerenciar as finanças pessoais”.

Economizar energia é também economizar dinheiro. A crise energética obrigou empresas e famílias a limitar seu consumo consideravelmente. O corte no fornecimento de petróleo na Europa por parte da Rússia fez com que os países membros da UE repensem suas estratégias de consumo energético (como a chamada ‘Exceção ibérica’). Portanto, não se trata unicamente de uma questão ambiental, mas também econômica.

Apesar das medidas implantadas, os preços da eletricidade continuam altos e esperam-se uns meses difíceis, sobretudo em momentos com as temperaturas mais baixas. Por isso, economizar energia é também economizar dinheiro: cada pequeno gesto conta, como contratar a potência necessária, usar lâmpadas LED, empregar eletrodomésticos de alta eficiência energética ou mesmo avaliar a instalação de placas fotovoltaicas na mesma casa/edifício.

Recorrer aos seguros de economia. Em linhas gerais, trata-se de um produto que, através de contribuições periódicas ou únicas, oferece uma rentabilidade garantida no final de um período de tempo determinado. Apesar de ter certas semelhanças em relação ao depósito bancário, a finalidade de ambas é bem diferente. Além disso, a MAPFRE oferece diferentes seguros de economia que podem ser ajustados em função das necessidades ou preferências do cliente:

  • Planos de economia sistemática (PIAS). É um tipo de seguro de economia a longo prazo através do qual se garante uma renda vitalícia ao tomador do investimento no vencimento do contrato. Sua principal vantagem é seu favorável tratamento fiscal e sua flexibilidade, já que não é necessário fazer contribuições sempre.
  • Unit-Linked. São considerados como um híbrido entre seguros de economia e de investimento, em que o poupador designa em que ativos quer investir. Oferecem, além disso, uma maior capacidade de gestão ao titular da apólice que outros.
  • Seguros de rendas vitalícias. Este último assegura que o titular receberá uma renda periódica pelos anos que lhe restem de vida, a partir de um momento determinado, cuja quantia dependerá do capital proporcionado e da rentabilidade obtida.

Revisar nossa carteira de investimentos. Em momentos de turbulência econômica, os mercados podem sofrer fortes movimentos bruscos. E assim estão vivendo os investidores nos últimos meses devido à guerra. Diante deste contexto, pode ser um bom momento para revisar nosso portfólio e avaliar movimentos na carteira. No entanto, os especialistas da área financeira da MAPFRE recomendam contar com a ajuda de um gestor profissional para estes casos, de forma que possa assessorar os investidores em situações de incerteza.

Evitar tomar decisões por impulso sob emoção. Como explica Ignacio Amo, seletor de fundos da MAPFRE Gestión Patrimonial, boa parte dos ativos encontram-se em números negativos desde o início do ano. Por isso, reconhece que é fundamental evitar as perspectivas de curto prazo e “não se deixar levar pela incerteza, o medo e o fluxo de notícias negativas, já que não são bons conselheiros e, certamente, não devem impactar na tomada de decisões”.

 

ARTIGOS RELACIONADOS: