Madrid 1,8125 EUR 0,03 (+1,83 %)
ZoomTalentoPrensa

5
continentes

 

34.000
colaboradores

Assumimos a parte que nos interessa no desenvolvimento sustentável

Trabalhamos com conhecimento e reflexão para criar debate público

M

CORPORATIVO| 06.10.2021

O movimento imparável da confiança

Thumbnail user

Somos confiança porque acreditamos em nós mesmos e não estamos sozinhos. Temos a confiança de outras pessoas, que nos impulsiona e nos reforça. Bem protegido, o valor da confiança não se quebra nem se deteriora, e tem um extraordinário poder multiplicador. Na MAPFRE, queremos que nada lhe detenha e desejamos continuar sendo sua seguradora global de confiança. Isso está no nosso DNA, como a lenda do fio vermelho que revela o destino.

De acordo com uma crença da Ásia oriental, todos nós temos um fio do destino invisível que nos conecta com as pessoas que farão parte das nossas vidas. Esse cordão vermelho é irrompível e liga nossos afetos até a eternidade, entrelaçando-nos firmemente seja qual for a distância ou as circunstâncias que nos separem.

Presente na mitologia chinesa e na japonesa, esta história, conhecida como o mito do fio vermelho, afirma que aqueles que têm a fortuna de estar unidos por esse laço que os deuses amarraram no seu tornozelo ou no dedo mindinho estão destinados a se tornar o que costumamos chamar de “almas gêmeas”.

No Oriente predominam as histórias sobre o amor, o destino e o carma das pessoas que devem se conhecer ou se ajudar em um dado momento e de uma forma determinada.

A lenda mais famosa contada nos lares japoneses às crianças e jovens diz que um imperador pediu ajuda a uma bruxa muito poderosa que era capaz de ver os fios vermelhos, para encontrar sua futura esposa no outro extremo do cordão.

A procura levou a bruxa até um mercado, onde encontrou uma pobre camponesa com um bebê no colo. Na presença do imperador, a bruxa indicou que era ali mesmo que terminava seu fio. O imperador, insatisfeito com o resultado, se enfureceu e empurrou a mulher que ainda estava segurando a menina, jogando-a no chão e provocando uma grande ferida na testa da criança. Posteriormente, achando que tinha sido enganado, ele ordenou que decapitassem a bruxa e abandonou para sempre o contato com a camponesa.

Porém, anos mais tarde, ao chegar o momento de se casar com a filha de um general, esta entrou no templo coberta por um longo e bonito véu. Ao parar na frente dela, comprovou que sua esposa tinha uma enorme cicatriz na testa. Aquela que ele mesmo tinha causado e que acabava de reconhecer.

 

Não perca o fio (vermelho)

A artéria cubital conecta nosso coração com o dedo mindinho e, segundo a lenda, essa artéria ou fio vermelho se estende pelo mundo até se unir à artéria de outra pessoa e, dessa forma, ao seu coração.

O mito do fio vermelho é uma forma de entender nosso mapa de relações como uma trama onde as relações de casal, as histórias íntimas e o que se cruza em nosso caminho nunca acontece por acaso, mas faz parte de uma teia pré-configurada desde o nascimento.

Todas as culturas se perguntaram o que motiva os passos que as pessoas dão, e muitas conceberam um fio astronômico que guia nossos movimentos. No Moirai os gregos seguram um fio de ouro por cada ser humano na terra, que cortam repentinamente quando chega sua morte. Na Cabala, um fio vermelho conecta os devotos com a terra santa.

A Fundación MAPFRE, uma entidade sem fins lucrativos que impulsiona o enorme trabalho social do grupo, também recuperou o fio vermelho em seu vídeo Um futuro mais humano, vinculando um avô com uma menina, a quem ele ensina o mais importante na vida: que não existe nada maior que ajudar os outros. E para essa viagem, tudo que você precisa cabe numa mala: solidariedade, amor ao próximo, companhia para pessoas que estão sozinhas, apoio aos que sofrem doenças raras ou vontade para valorizar o talento de pessoas com deficiência.

Na MAPFRE acreditamos em continuar melhorando o presente e o futuro de nossos clientes, funcionários, sócios e colaboradores, e o da sociedade em seu conjunto.

Não perca o fio, porque temos muito para compartilhar com você.