Madrid 1,832 EUR 0,02 (0,94 %)
ZoomTalento Prensa

5
continentes

 

34.000
colaboradores

Assumimos a parte que nos interessa no desenvolvimento sustentável

Trabalhamos com conhecimento e reflexão para criar debate público

M

COMPROMISSO| 28.07.2021

Fundación MAPFRE realiza diferentes iniciativas no Uruguai para aliviar o impacto da Covid-19

Thumbnail user

A entidade aumentou o orçamento extraordinário na América Latina para 10 milhões de euros este ano a fim de combater a pobreza e a exclusão social. No Uruguai, lançará iniciativas de apoio alimentar. Integrará as pessoas com deficiências visuais em contexto laboral. Apoiará as mulheres em situações vulneráveis.

A Fundación MAPFRE aprovou um orçamento extraordinário para 2021 para fazer frente à situação de emergência e de crise socioeconômica que vive o Uruguai por conta da COVID-19.

Essa ajuda faz parte de uma verba total de 10 milhões de euros na América Latina, com a qual a Fundación MAPFRE realizará mais de 68 projetos , com os quais espera ajudar mais de 560 mil pessoas.

No Uruguai, a entidade realizará inúmeras atividades para reduzir a desnutrição e a exclusão social, contribuirá para a recuperação econômica de pessoas em situações vulneráveis; inserirá pessoas com deficiência visual no mercado de trabalho e adquirirá material de saúde.

Necessidades alimentares básicas

A pandemia de COVID-19 resultará em uma crise alimentar sem precedentes que afetará mais de 85 milhões de crianças na América Latina, segundo a FAO.

No Uruguai, a cobertura de 1.650 refeições semanais pela associação Obra Social San Martín será ampliada para 3.000. Além disso, alimentos frescos e secos serão comprados e um nutricionista será contratado para criar um menu com todas as propriedades alimentares, dependendo da idade.

Empregabilidade, treinamento e empreendedorismo

A Fundación MAPFRE contribuirá para a recuperação econômica das pessoas vulneráveis, com especial atenção para as mulheres, que têm os piores números de empregabilidade, os salários mais baixos e, em muitos casos, não têm rendimentos para alimentar as suas famílias.

Com o projeto Moldeando el Barrio, serão ministradas oficinas de capacitação voltadas para jovens, mulheres e idosos para auxiliar em seu acesso ao mercado de trabalho.

Em colaboração com o ICOPO (Instituto de Capacitaciones Orientadas a Población Objetivo), serão formadas 25 mulheres para a sua inserção ou reintegração no trabalho, no contexto atual de pandemia.

Além disso, será lançado um projeto com “mulheres chefes de família”, em colaboração com a associação Obra Social San Martin, para iniciar um processo de autossustentabilidade.

Para isso, serão realizadas as seguintes ações: realização de oficina de fortalecimento da empregabilidade e autoestima com especialista; promover a realização de hortas familiares, realizadas pela equipe da Obra Social e um técnico agrícola; realizar um workshop de conservas (doces, vegetais etc.) para a constituição de um miniempreendimento.

Inclusão social e inserção trabalhista de pessoas com deficiência

Integrar pessoas no mercado de trabalho com qualquer tipo de deficiência é outro dos objetivos que a Fundación MAPFRE estabeleceu para 2021. Essas pessoas, que estão entre as mais afetadas pela pandemia na América Latina, vivem em lugares onde quase não existem programas sociais de auxílio.

No Uruguai, em colaboração com a Fundación FOAL, ocorrerá um curso de formação de três meses para pessoas com deficiência visual, que oferecerá oito bolsas de estágio em empresas locais para contribuir com a integração laboral dessas pessoas e adaptará os postos de trabalho dessas pessoas com deficiência.

Além disso, apoiaremos a associação Civil Mariposas para contribuir para o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes, jovens e adultos com deficiência, implementando ações para sua integração educacional, social e comunitária.

As oficinas serão realizadas no município de Young: horta e creche, culinária e confeitaria. Os cursos serão realizados no Centro Esperanza Young, que colabora com o INDA (Instituto Nacional de Alimentação), do Ministério do Desenvolvimento Social, e com o BPS (Banco da Previdência Social).

Aquisição de CTIs móveis

A Fundación MAPFRE adquiriu duas ambulâncias, que atuam como CTIs móveis (Centros de Tratamento Intensivo) em localizações do Uruguai que não têm CTI nas unidades de saúde. Isso é de grande importância para prestar assistência à população diante do grande aumento das infecções por COVID-19.

Essa ação é realizada em colaboração com a ASSE (Administração de Serviços de Saúde do Estado).

Antonio Huertas: “não há quem impeça a solidariedade”

“Esperamos que as coisas mudem para melhor. Nenhuma pandemia nos fará desistir do nosso compromisso com o progresso social”, disse Antonio Huertas, presidente da Fundación MAPFRE, que se referiu a esta dotação extraordinária, 45 milhões de euros em dois anos, como um “plano que visa salvar todas as vidas possíveis e proteger os mais expostos socialmente, aqueles que lutam contra o coronavírus na linha da frente”.  Lembrou ainda que a Fundación, que em 2020 viveu “seu maior desafio” em 45 anos, também apoiando a pesquisa e contribuindo a fim de evitar que as consequências sociais da doença multipliquem a pobreza e a desigualdade. Tudo isso está sendo feito com a ajuda de seus voluntários, que mais uma vez contribuirão para essa empreitada. “Quando há solidariedade, não há quem a impeça”, disse.