MAPFRE
Madrid 2,17 EUR 0,03 (+1,21 %)
Madrid 2,17 EUR 0,03 (+1,21 %)

SUSTENTABILIDADE  | 17.01.2023

MAPFRE, junto com outras 28 seguradoras líderes e Nações Unidas, lançam um protocolo pioneiro de definição de metas para acelerar a transição para uma economia líquida zero

Thumbnail user
Antonio Huertas: “Nosso compromisso ambiental é elevar gradual e progressivamente o nível da sustentabilidade”.
  • Os membros da NZIA, como a MAPFRE, começarão a estabelecer de forma independente metas provisórias de descarbonização com base científica para suas respectivas carteiras de assinatura de seguros e resseguros até julho de 2023.
  • A versão 1.0 do Protocolo de Definição de Metas da NZIA é a primeira deste tipo no setor segurador global.
  • A Aliança Seguradora para Emissões Líquidas Zero (NZIA), convocada pela ONU, reúne 29 das principais seguradoras e resseguradoras do mundo, representando coletivamente quase 15% do prêmio mundial.
  • Os membros da NZIA se comprometeram a realizar a transição de suas carteiras de assinatura de seguros e resseguros para emissões líquidas zero de gases do efeito estufa até 2050.

A Aliança Seguradora para Emissões Líquidas Zero (NZIA) lançou hoje o primeiro Protocolo de Definição de Metas da Aliança na Reunião Anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Como gerentes de risco, seguradoras e investidores, o setor segurador tem um papel importante a desempenhar na transição para uma economia global com emissões líquidas zero, apoiando seus clientes na tomada de medidas concretas para alcançar as emissões líquidas zero.

A versão 1.0 do Protocolo de Definição de Metas da NZIA (o Protocolo) permitirá aos membros da NZIA, como a MAPFRE, começar a estabelecer independentemente metas intermediárias baseadas na ciência para suas respectivas carteiras de assinatura de seguros e resseguros, em linha com um caminho de transição líquida zero consistente com um aumento máximo de temperatura de 1,5 °C acima de níveis pré-industriais até 2100. Com o lançamento do Protocolo, os membros atuais da NZIA são obrigados a estabelecer e divulgar suas metas iniciais até 31 de julho de 2023.

Este marco importante chega 18 meses após a fundação da Aliança na Cúpula Climática do G20 em Veneza, em 2021, por oito das principais seguradoras e resseguradoras do mundo. Desde então, a Aliança cresceu para 29 seguradoras e resseguradoras, representando cerca de 15% do volume de prêmios mundiais globalmente.

MAPFRE: redução das emissões de gases do efeito estufa

“A descarbonização econômica é essencial para o planeta”, salientou Antonio Huertas, CEO da MAPFRE, que indicou que “nosso compromisso ambiental é elevar gradual e progressivamente o nível da sustentabilidade, com objetivos específicos estabelecidos para 2023 que contribuam para a redução das emissões de gases do efeito estufa de nossa carteira de seguros e resseguros, e que nos possibilitem acompanhar a sociedade em uma transição justa, ajudando tanto nossos clientes quanto aquelas pessoas cuja subsistência está entrelaçada com a atividade relacionada ao carbono para convergir também nessa direção”. Ainda, Huertas sublinhou que “ao desempenhar nosso papel, estamos profundamente preocupados em melhorar nossa gestão da pegada ambiental, promovendo a economia circular, alavancando nossas posições de assinatura e investimento para apoiar a transição para uma economia com emissão zero da maneira mais justa possível, priorizando proporcionalmente o bem-estar das pessoas”.

 

Para mais informações:

Visite o site da NZIA.

www.unepfi.org/psi

www.unepfi.org/net-zero-insurance.