MAPFRE
Madrid 2,204 EUR -0,02 (-0,81 %)
Madrid 2,204 EUR -0,02 (-0,81 %)

CORPORATIVO | 09.02.2023

MAPFRE ganha 642 milhões em 2022 e os prêmios superam 24,5 bilhões de euros (+10,8%)

Thumbnail user

PRINCIPAIS DADOS DO EXERCÍCIO

  • As receitas crescem em 8,3% e se situam em 29,510 bilhões de euros.
  • Excelente evolução do negócio em Latam, tanto em prêmios quanto em resultado.
  • A Espanha continua sendo o país que mais contribui para o lucro do Grupo.
  • Significativo incremento do negócio de resseguro e da unidade de riscos globais.
  • A MAPFRE reafirma seus objetivos estratégicos e estima uma taxa combinada não vida média de cerca de 96% para o biênio 2023 e 2024.
  • O negócio de assistência inicia uma nova fase, com nova marca, MAWDY, operações em 23 países e foco em Latam e na Europa
  • O dividendo com cargo a resultados de 2022 será de 14,5 centavos por ação.
  • O Conselho de Administração proporá à Assembleia Geral de Acionistas a nomeação como vogais de Francesco Vanni d’Archirafi e Elena Sanz Isla.

O lucro atribuível da MAPFRE em 2022 totalizou 642 milhões de euros, que representa 16,1% a menos do que no exercício anterior. Em termos comparáveis com 2021, quando o lucro ajustado foi de 715 milhões, teria significado um resultado 7% inferior. Mais uma vez, a alta diversificação do negócio possibilitou enfrentar com um resultado sustentável os efeitos mais negativos do exercício: altas taxas de inflação na maioria dos mercados; incremento da sinistralidade do negócio de Automóveis; e os sinistros catastróficos, especialmente o derivado da seca da bacia do rio Paraná, cujo impacto nas contas supera 112 milhões de euros. No lado positivo, destacam-se o excelente comportamento de Latam, a magnífica evolução da unidade de resseguro e o alto crescimento tanto em Seguros Gerais quanto no ramo de Vida. A rentabilidade, ROE de 8,2%, é similar à obtida também em bases homogêneas em 2021.

As receitas do Grupo aumentam em 2022 8,3%, até 29,510 bilhões de euros, ao tempo que os prêmios cresceram 10,8%, superando 24,540 bilhões de euros. Este incremento nos prêmios reflete uma melhoria generalizada do negócio segurador em quase todas as regiões, com aumentos significativos na América Latina e na América do Norte, assim como nos negócios ressegurador e de grandes riscos e o favorável comportamento de quase todas as moedas em relação ao euro.

A evolução dos prêmios é influenciada, por um lado, pela ausência em 2022 da apólice extraordinária bienal no México (477 milhões de euros em 2021) e pela venda de Bankia Vida (que em 2021 proporcionou 159 milhões de euros), assim como pela apreciação das moedas em relação ao euro em 2022. Se estes efeitos fossem excluídos, o incremento teria sido de 8,7%, crescendo tanto em Não Vida (+10,8%) quanto em Vida (+2,1%).

A taxa combinada teve um incremento de 0,6 pontos percentuais, até 98%, afetada pelo incremento de sinistralidade de Automóveis, consequência das altas taxas de inflação e do incremento da mobilidade após a eliminação das restrições pela Covid.

Principais dados econômico-financeiros 2022

O patrimônio atribuível do Grupo ao finalizar 2021 aumentou para 7,289 bilhões e os ativos totais somaram 59,626 bilhões de euros.

Por sua vez, os investimentos da MAPFRE alcançam 41.388 milhões de euros e quase metade deles corresponde a renda fixa soberana.

Investimentos da MAPFRE 2022

No final de 2022, o patrimônio dos fundos de aposentadoria foi de 5,701 bilhões de euros, enquanto os fundos de investimentos aumentaram em 2,3%, chegando a 5,526 bilhões de euros.

No fechamento de setembro de 2022, a taxa de Solvência II se posicionou em 216,8%, com 84% de capital da mais alta qualidade (nível 1). Essa taxa reflete uma abordagem prudente do balanço e uma gestão ativa dos investimentos, bem como a grande solidez e resiliência do balanço da MAPFRE.

1.- UNIDADE DE SEGUROS

Os prêmios da Unidade de Seguros em 2022 foram de 20,508 bilhões de euros, 12,7% a mais que no ano anterior.

Unidade de Seguros 2022

Ibéria

Na Área Regional Ibéria (Espanha e Portugal), os prêmios em 2022 chegaram a 7,626 bilhões de euros, que representa um incremento de 0,4%. Descontando o efeito dos prêmios de Bankia Vida, que em 2021 chegavam a 159 milhões de euros, o crescimento desta área regional teria sido de 2,5%.

Continua em destaque a evolução da taxa combinada, que melhorou 1,3 pontos percentuais, para alcançar 96,8%.

Na Espanha, os prêmios atingiram 7,367 bilhões de euros (-1,3%), com lucro de 363 milhões de euros, tornando-se o país que mais contribui para o lucro do Grupo.

O negócio de automóveis cresceu 0,4 % para 2,267 bilhões de euros, com mais de 6,2 milhões de veículos segurados.

Além disso, os prêmios do negócio de Seguros Gerais aumentaram 5,9%, chegando a 2,328 bilhões de euros. Destaca o crescimento do negócio de Comunidades, com um aumento de 7,5%, que representa 2,6 pontos percentuais a mais do que o setor, e Empresas, que melhorou 11,3% em relação a um crescimento de 5,9% do mercado na Espanha, e Lar, com um crescimento de 3,1%. Por sua vez, o negócio de Saúde e Acidentes apresentou incremento 4,8%, para 816 milhões de euros.

Destaca-se a evolução da VERTI, que em 2022 registrou um volume de prêmios de 99 milhões de euros, representando uma melhoria de 9,5% em relação ao ano anterior.

No negócio de Vida, os prêmios eram de 1,916 bilhões de euros (-8,7%), devido à saída de Bankia Vida do perímetro de consolidação do Grupo. Se este efeito fosse descontado, a queda se limitaria a 1,2%.

Brasil:

 No Brasil, os prêmios totalizaram 4,852 bilhões de euros, representando um crescimento de 45,3%, impulsionado pela favorável evolução do real brasileiro, que em 2022 se valorizou em 12,3%. Em moeda local, o crescimento dos prêmios aumentou 23%. Por ramificações, os prêmios de Seguros Gerais se incrementaram 58% para 2,722 bilhões de euros, seguidos pelo negócio de Vida, com 1,505 bilhões de euros (+30,3%), enquanto Automóveis ofereceu 623 milhões de euros (+35,1%).

O lucro desta área regional em 2022 totalizou 144 milhões de euros, 93,5% a mais do que no exercício anterior. Esta melhoria se sustenta no negócio de Vida Risco, cujo lucro cresceu de maneira significativa, passando de 2 milhões para 54 milhões, consequência da positiva evolução da sinistralidade derivada da Covid. Da mesma forma, o lucro do negócio agrário exibe um comportamento muito positivo, com crescimento de 143% em relação ao 2021, apesar do impacto da seca no país.

Latam Norte:

 Os prêmios da área Regional Latam Norte em 2022 foram de 2,117 bilhões de euros (-3,2%), consequência da ausência em 2022 da apólice bienal do México pelo montante de 477 milhões de euros e emitida em 2021. Eliminando o efeito desta apólice, o crescimento da área regional Latam Norte seria de 23,8%, impulsionado em grande parte pela melhoria de todas as moedas da região. O lucro nesta área foi de 46 milhões de euros, representando um crescimento de 71,4% em relação ao ano anterior, graças à evolução positiva dos ramos de Vida Risco e Saúde, cuja sinistralidade diminuiu consequência da menor incidência da Covid e da melhoria de todas as moedas da região.

Todos os países desta área regional fecharam o ano com crescimento em seu volume de negócio, com exceção do México, devido à ausência da apólice bienal acima mencionada. O volume de prêmios do México foi superior a 1,022 bilhões de euros (-22,4%), enquanto a América Central contribuiu com 647 milhões de euros em prêmios, 22,9% a mais, e a República Dominicana incrementou seus prêmios 30,5% para 448 milhões de euros.

Latam Sul:

 Na Latam Sul, o volume de prêmios totalizou 2,007 bilhões de euros em 2022, 23% a mais do que no exercício anterior, com lucro superior a 111 milhões de euros, mais que o dobro do exercício anterior.

Destaca-se o crescimento do negócio em todos os países da região, especialmente no Peru, com um volume de prêmios de 707 milhões de euros (+36,7%) e lucro superior a 51 milhões de euros (mas que o dobro do ano anterior), que continua sendo o país da região que mais contribui para o Grupo. A Colômbia, por sua vez, incrementou seus prêmios em 11,6% para 407 milhões de euros e quintuplicou seu lucro para 47 milhões de euros. O Chile, com um incremento de 17,4% em prêmios, e a Argentina, com um aumento de 15,4%, contribuíram com prêmios de 398 e 212 milhões de euros, respectivamente.

Por linhas de negócio, é notável que todas as ramificações apresentam uma evolução positiva com destaque para Vida Risco, com um crescimento de 33,3%, seguido por Saúde e Acidentes, com um crescimento de 26,4%, Automóveis (+24,2%), Seguros Gerais (+20,4%) e Vida Economia (+18,3%).

América do Norte:

Na Área Regional América do Norte, os prêmios de 2022 aumentaram 24,9%, para alcançar 2,590 bilhões de euros.

Nos Estados Unidos, o crescimento do negócio foi de 28% para 2,226 bilhões de euros, graças à favorável evolução do dólar e à incorporação de Century (anteriormente, filial da MAPFRE Asistencia), que contribui com 249 milhões de euros. O aumento da sinistralidade do negócio de automóveis, consequência do retorno à normalidade após a pandemia, e as altas taxas de inflação, juntamente com as restrições de incrementos de tarifa em alguns estados, influíram no resultado deste país, cujas perdas foram de 31 milhões de euros.

Em Porto Rico, por sua vez, o volume de prêmios foi de 364 milhões de euros, 8,6% a mais do que no exercício anterior, enquanto o resultado diminuiu 10,6% para 14 milhões de euros, consequência do furacão Fiona, cujo impacto foi de 20 milhões de euros.

Eurásia:

Na Área Regional Eurásia, os prêmios totalizaram 1,317 bilhões de euros, representando uma queda de 3,2%, em relação ao ano anterior. No exercício de 2022, esta área regional vendeu o negócio segurador nas Filipinas e Indonésia.

Na Turquia, os prêmios foram de 21,2% para 369 milhões de euros, afetados por dois fatores: a depreciação em mais de 24% da lira turca e a reexpressão por hiperinflação do negócio neste país, com um impacto negativo no resultado de 17 milhões de euros. Em moeda local, a emissão na Turquia melhorou 123,5%, em consonância com a inflação. Em Malta, os prêmios totalizaram 336 milhões de euros (-17,1%), consequência da menor emissão em Vida Economia no canal bancário, enquanto a Alemanha, por sua vez, contribuiu com 375 milhões de euros em prêmios, um aumento de 0,6%.

2.- UNIDADES DE RESSEGURO E GLOBAL RISKS

Os prêmios da MAPFRE RE, que incluem o negócio de resseguro e de grandes riscos, aumentaram 15,1% no exercício de 2022 para 7,221 bilhões de euros, com lucro atribuível de 143 milhões de euros (-5,4%), apesar do aumento dos eventos catastróficos de média intensidade e do efeito das importantes secas na bacia do rio Paraná no Brasil e no Paraguai, cujo efeito no resultado atribuível foi de mais de 67 milhões de euros. A taxa combinada, por sua vez, melhorou 0,3 pontos da taxa para se situar em 96,8% ao fechamento de 2022.

O negócio ressegurador também fechou o ano com prêmios de 5,671 bilhões de euros (+13,6%), em grande parte como consequência do aumento generalizado das taxas e do impacto das taxas de câmbio. O resultado do negócio ressegurador foi de 123 milhões de euros, representando um crescimento de 4,1% em comparação com o ano anterior.

Os prêmios do negócio de Global Risks aumentaram em 20,9%, chegando a 1,551 bilhões de euros, com um lucro de 21 milhões de euros (-38,5%).

3.- UNIDADE DE ASSISTÊNCIA

Finalmente, a receita da unidade de Assistência diminuiu em 22,8% para se situar em 432 milhões de euros, consequência da intensa reestruturação realizada nesta unidade durante os últimos anos. O lucro em 2022 alcança 7 milhões de euros, comparado com os 0,6 milhões do ano anterior.

Em 2022, a empresa abandonou a Austrália, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Filipinas, Grécia, Indonésia, Jordânia e Turquia. Em 2023, esta unidade inicia uma nova fase com o lançamento da nova marca, MAWDY, presente em 23 países e com foco nos mercados estratégicos para o Grupo, isto é, a Europa e a América Latina.

DIVIDENDO

O Conselho de Administração acordou em propor à assembleia geral de acionistas um dividendo complementar relativo ao exercício 2022 de 8,5 centésimos de euro brutos por ação.

Dessa forma, o dividendo total relativo ao exercício de 2022 subiu para 14,5 centésimos de euro brutos por ação, o que representa um índice de pagamento de 69,5%. Em 2022, a MAPFRE destinou 447 milhões de euros para pagamento a seus acionistas.

No ano civil de 2022, a rentabilidade da cotação média foi de 8,3%.

OUTROS ACORDOS DO CONSELHO

Também foi aprovado propor à Assembleia Geral de Acionistas a nomeação de Francesco Vanni d’Archirafi e Elena Sanz Isla como membros do Conselho de Administração.

Francesco Vanni d’Archirafi é formado em Finanças pela American University e possui MBA em Finanças e Negócios Internacionais pela Columbia University. Possui ampla experiência na área financeira, onde ocupou importantes cargos de responsabilidade no Citigroup, onde trabalhou por 38 anos, tanto na Europa quanto na América. Atualmente é presidente da Euroclear Holding.

Elena Sanz Isla é licenciada em Economia e Administração de Empresas pela Universidade de Alcalá de Henares e mestre em Gestão de Riscos e Seguros pela Pontifícia Universidade de Salamanca. Desenvolveu sua carreira profissional na MAPFRE em funções financeiras e de recursos humanos, na Espanha e na Argentina. Atualmente é Diretora Geral de Pessoas e Organização da MAPFRE e membro do Comitê Executivo, além de Responsável de Sustentabilidade no Grupo, entre outros cargos. Além disso, é membro do Conselho de Curadores da Fundação MAPFRE desde 2021.

Francesco Vanni d’Archirafi fará parte do conselho de administração como independente, enquanto Elena Sanz o fará como executiva.

Uma vez formalizadas as duas nomeações, o órgão máximo de decisão da MAPFRE será composto por um total de 15 membros, mais da metade dos quais são conselheiros independentes. Da mesma forma, dá-se mais um passo na internacionalização do Conselho, no qual estão representadas três nacionalidades (espanhola, brasileira e italiana) e aumenta a presença de mulheres, passando a representar 47% do total de membros do Conselho de Administração.

As Medidas Alternativas de Rendimento (MAR) utilizadas no Relatório, que correspondem às medidas financeiras que não estão definidas nem detalhadas no âmbito das informações financeiras aplicáveis, podem ter sua definição e cálculo consultados no seguinte site: https://www.mapfre.com/media/shareholders/2022/2022-03-22-alternate-performance-measures.pdf