MAPFRE
Madrid 2,36 EUR 0 (0,17 %)
Madrid 2,36 EUR 0 (0,17 %)

CORPORATIVO | 20.05.2020

A MAPFRE, entre as 20 empresas mais comprometidas socialmente contra a covid-19

 

 

 

Thumbnail user

A empresa lidera o ranking do setor de seguros

A MAPFRE está entre as 20 empresas que demonstram o maior comprometimento e responsabilidade social diante da situação que o país vive como consequência da pandemia derivada do coronavírus, segundo o extraordinário ranking elaborado pela Merco e divulgado hoje.

Especificamente, a empresa ocupa a 14ª posição, com um total de 3.900 pontos, e lidera o ranking do setor de seguros. O Grupo mobilizou mais de 200 milhões de euros para enfrentar as consequências dessa crise econômica e de saúde.

Assim, a MAPFRE destinou 115 milhões de euros para apoiar o emprego na Espanha. Do total, 60 milhões irão para o grupo mais afetado por esta crise: os trabalhadores independentes e as PME; e os outros 55 milhões serão utilizados para antecipar o faturamento dos fornecedores da empresa que foram forçados a interromper ou desacelerar sua atividade devido ao coronavírus.

Além disso, através da FUNDACIÓN MAPFRE, 35 milhões foram destinados a diferentes projetos. Do total, 5 milhões foram doados ao Conselho Superior de Pesquisa Científica (CSIC) para acelerar a pesquisa relacionada ao coronavírus; 20 milhões são para aquisição de respiradores, suprimentos médicos, equipamentos de proteção sanitária e testes para residências, hospitais e centros médicos em 27 países; e outros 10 milhões vão para ações na Espanha para ajudar os grupos mais carentes.

A MAPFRE também participou do fundo de solidariedade que o setor de seguros criou para proteger os profissionais de saúde, contribuindo com 5,7 milhões para esse seguro de vida, que abrange mais de 700.000 profissionais; e lançou um fundo de investimento para financiar a compra de equipamentos médicos, levantando em duas semanas 50 milhões de euros.

Além disso, o presidente do grupo, Antonio Huertas, ratificou, no início da crise em março, seu compromisso com o emprego e anunciou que nem a MAPFRE nem a Fundación MAPFRE fariam qualquer Expediente Temporário de Regulamentação do Emprego (ERTE).

Mais de 250 especialistas e mais de 2.000 cidadãos participaram deste ranking, avaliando as ações que estão sendo realizadas por grandes empresas no momento. Os eixos fundamentais nos quais essa classificação se baseou são, entre outros, a manutenção do emprego e a proteção dos trabalhadores; apoio com material de proteção e doações ao sistema de saúde ou doações a iniciativas de solidariedade.