MAPFRE
Madrid 2,228 EUR 0,03 (+1,55 %)
Madrid 2,228 EUR 0,03 (+1,55 %)

CORPORATIVO | 15.03.2024

A MAPFRE apresenta seu Plano Estratégico 2024-2026 com uma previsão de crescimento médio de 6% e uma rentabilidade entre 10 e 11%

Thumbnail user
  • Estima um índice combinado médio entre 95 e 96% no triênio.
  • Prevê que 95% da nossa carteira global de investimentos seja avaliada com critérios ESG.
  • Depois de eliminar a desigualdade de gênero em 2023, o objetivo é aumentar em 2024 a porcentagem de mulheres executivas para 34%, com o objetivo de aumentá-la um ponto percentual todo ano.

A Assembleia Geral de Acionistas da MAPFRE aprovou, entre outros acordos, as contas do exercício 2023, o primeiro no qual foram reportadas sob as novas normas contábeis internacionais NIIF 17 & 9. Sob estas novas normas contábeis, o lucro líquido em 2023 chegou a 677 milhões de euros (692 milhões de euros sob contabilidade local). Além disso, foi aprovado a distribuição de um dividendo total de 0,15 euros brutos por ação. Parte deste dividendo, 0,06 euros já foi pago em novembro de 2023, e hoje a assembleia aprovou o dividendo complementar no valor de 0,09 euros brutos por ação, 5,9% a mais que no ano anterior.     

María Leticia de Freitas Costa e Rosa María García García também foram reeleitas como conselheiras independentes, e foi ratificada a nomeação como conselheiro executivo de Eduardo Pérez de Lema Holweg. 

No decorrer da Assembleia Geral de Acionistas, com certificação sustentável pelo quinto ano consecutivo, o presidente da MAPFRE, Antonio Huertas, apresentou o novo Plano Estratégico do Grupo para o triênio 2024-2026. O Plano permitirá nos adaptar melhor à evolução do ambiente e aproveitar as oportunidades que se abrem no novo ciclo de atividade que a companhia tem pela frente. Este Plano também nasce dos valores e princípios que acompanharam a MAPFRE ao longo de seus mais de 90 anos de história, por isso é sintetizado sob o nome de Atitude. E se apoia em dois conceitos que também nos definem: Somos e Fazemos, que é o lema do Plano. Somos expressa nossa cultura, nossa maneira de entender o negócio, com nossos valores e um profundo compromisso social. Fazemos supor a execução com rentabilidade do modelo de negócio para alcançar os novos objetivos aprovados hoje, que são: 

  • Crescer, pelo menos, 6% em média em receitas durante os próximos três anos, superando 32 bilhões de euros em prêmios no final do triênio.
  • Alcançar um ROE médio, sob os novos critérios contábeis NIIF, entre 10 e 11%, sendo 11% a meta aspiracional para o ano de 2026.
  • Alcançar o índice combinado em uma média de 95 a 96%, com o objetivo aspiracional de chegar a 95% no encerramento de 2026.
  • Elevar para 15 o número de países com pegada de carbono neutralizada.
  • Contar com, pelo menos, 95% da nossa carteira total de investimentos avaliada com critérios ESG.
  • Elevar, pelo menos, para 34% a porcentagem de mulheres executivas em 2024, com o objetivo de aumentá-la um ponto percentual todo ano.   

Para alcançar estes objetivos, o presidente da MAPFRE lembrou que neste novo ciclo continuará sendo colocado o foco no crescimento e na melhoria dos resultados e que a MAPFRE não renuncia a continuar ativamente buscando novos canais de distribuição na Espanha, Brasil, Estados Unidos, México e Alemanha, bem como vias complementares de crescimento no negócio de vida para compensar o portfólio da companhia, o que necessariamente passa por aumentar o peso dos bancasseguros na MAPFRE. 

Antonio Huertas reconheceu que o esforço da companhia deve ser “muito intenso” para alcançar o objetivo médio entre 95 e 96% do índice combinado nos próximos três anos. 

Também destacou que não há mudanças significativas nos eixos e nas linhas de atuação em matéria de sustentabilidade e que a MAPFRE dará prioridade à integração da sustentabilidade no desenvolvimento dos negócios de forma transversal e gradativa. 

Antonio Huertas ressaltou que este novo ciclo implica continuar focando no crescimento e na melhoria dos resultados, e que os aspectos que terão mais peso serão: 

  • Melhorar a eficiência e a competitividade nos seguros de automóveis.
  • Ampliar a oferta de produtos de proteção e de economia-previsão.
  • Evoluir o modelo operacional no negócio de empresas e a oferta mais transversal.
  • Afirmar o excelente desenvolvimento técnico e comercial da unidade de resseguro.
  • Atualizar o apetite ao risco em função da rentabilidade, do crescimento potencial e da escalabilidade necessária para gerenciar com eficiência e produtividade adequadas.
  • Reforçar ainda mais o desenvolvimento de pessoas, apoiando a formação e reforçando o talento.
  • Impulsionar o aspecto cultural que diferencia a MAPFRE, a partir do lema “Somos e fazemos a MAPFRE”. 

“A situação da empresa é muito sólida, o nível de endividamento é reduzido e a solvência é muito alta. Crescemos e cresceremos com rentabilidade. Somos ambiciosos, porque desejamos aproveitar todas as oportunidades de crescimento, mas também mantemos como uma marca de identidade a gestão prudente e rigorosa do negócio, com o objetivo de proteger os interesses de nossos acionistas e também garantir a sustentabilidade a longo prazo”, disse o presidente da MAPFRE durante seu discurso. 

Além disso, insistiu que os valores que guiaram a MAPFRE (solidez financeira, serviço de excelência e proximidade ao cliente, confiança na relação pessoal e cuidado de todos os grupos de interesse, compromisso ético e social com o ambiente e com as pessoas) são irrenunciáveis e continuarão sendo a marca de identidade da companhia. 

O presidente da MAPFRE.insistiu que a MAPFRE avança positivamente com um modelo de negócio altamente diversificado em termos geográficos, funcionais e de produto, que permite ao Grupo crescer com rentabilidade, mesmo nas condições mais complexas. Neste sentido, destacou que a melhoria da rentabilidade é um dos objetivos mais exigentes da MAPFRE e retribuir com a máxima generosidade possível a confiança dos acionistas e investidores sem afetar a solvência necessária do Grupo. “Temos o firme compromisso de aumentar esta retribuição à medida que os benefícios do grupo continuem aumentando, mantendo sempre a solvência em níveis adequados”, disse ele.