MAPFRE
Madrid 2,17 EUR -0,07 (-3,13 %)
Madrid 2,17 EUR -0,07 (-3,13 %)

ECONOMIA| 26.06.2023

O impacto da educação financeira na economia de um país

Thumbnail user

É verdade que a estabilidade econômica de um país depende de muitos fatores, tanto internos quanto externos, mas um deles é a cidadania e seu comportamento.

A educação financeira torna as pessoas autônomas, capacitando-as para tomarem suas próprias decisões, o que tem um impacto no país.

Hoje aprenderemos como a educação financeira pode influenciar de maneira positiva na economia de um país.

A tomada de decisões informadas contribui para a estabilidade econômica

A educação financeira oferece às pessoas as habilidades e os conhecimentos necessários para que elas tomem decisões financeiras informadas. Ao entender conceitos básicos, como o que é um orçamento, como economizar, como realizar investimentos e como gerenciar as dívidas, elas estão mais bem preparadas para assumir decisões financeiras responsáveis. Isto leva a uma maior estabilidade financeira para os indivíduos, o que, por sua vez, contribui para a estabilidade econômica geral do país.

Reduz o endividamento

A educação financeira ajuda as pessoas a entender os riscos associados ao endividamento excessivo e permite utilizar o crédito de maneira responsável. Ao tomar decisões financeiras mais sólidas, é menos provável que elas se endividem além da capacidade de pagamento. Isto ajuda a reduzir o número de descumprimentos de pagamento, a inadimplência e as crises financeiras em nível individual e sistêmico.

Promove a economia e os investimentos

Quando entendemos os benefícios de longo prazo de economizar e investir, tendemos a tomar decisões mais prudentes quanto ao uso da renda.

De fato, a economia e o investimento contribuem para o crescimento econômico ao proporcionar capital para financiar projetos empresariais e encorajar a atividade econômica.

Permite empreender

A educação financeira promove empreendedorismo e a criação de emprego. Ao saber como gerenciar as finanças de um negócio, você está mais bem preparado para empreender e administrar suas próprias empresas e projetos. Isto pode levar a uma maior criação de empregos e ao desenvolvimento econômico a nível local e nacional.

 

Poderíamos dizer adeus à especulação e às bolhas financeiras?

Seria possível evitar a especulação que abrange bolhas financeiras? A teoria nos diz que se conseguíssemos que toda a população estivesse atualizada sobre as notícias econômicas e conhecesse os conceitos básicos que permitem a tomada de decisões informadas sobre educação financeira, as catástrofes financeiras e crises poderiam ser evitadas, pois elas geralmente são criadas pelas decisões conjuntas de toda a população.

Além disso, os casos de fraude e golpes também seriam menores, porque, na maioria das vezes, eles são resultado do desconhecimento das pessoas.

Inicie-se na educação financeira

Iniciar-se na educação financeira é um passo importante para melhorar seus conhecimentos e habilidades sobre finanças pessoais. Lembre-se de que a educação financeira é um processo contínuo. Fique atualizado sobre as tendências financeiras, as mudanças nas leis tributárias e as melhores práticas na gestão financeira. Com o tempo, você desenvolverá uma maior confiança e controle sobre suas finanças. Como você pode fazer isso?

  1. Lendo livros e recursos educacionais

Há muitos livros, blogs e recursos online que oferecem informações e recomendações sobre educação financeira. Procure títulos recomendados sobre economia, investimento, gestão de dívidas e outros aspectos financeiros. Alguns autores populares no campo da educação financeira incluem Robert Kiyosaki, Dave Ramsey e Tony Robbins. Nossos especialistas em economia elaboraram uma lista de leituras para começar no mundo das finanças ou aprofundar sobre um tema que seja de seu interesse.

  1. Procurando assessoria financeira

Você pode consultar um assessor financeiro certificado. Ele pode avaliar sua situação financeira atual, ajudá-lo a estabelecer objetivos financeiros realistas e orientar de maneira personalizada em relação à administração efetiva de suas finanças. Um assessor financeiro o ajudará a tomar decisões informadas e a elaborar um plano financeiro adequado às suas necessidades e objetivos.

  1. Utilizando ferramentas e aplicativos financeiros

Você pode usar aplicativos móveis para acompanhar despesas e investimentos e, assim, ter maior controle sobre suas receitas e gastos e poder tomar melhores decisões em suas finanças diárias.Na MAPFRE sabemos como é importante receber conhecimentos de educação financeira desde cedo e é por isso que pretendemos levar os conceitos econômicos a todos em nosso blog.

ARTIGOS RELACIONADOS: