MAPFRE
Madrid 2,24 EUR -0,03 (-1,15 %)
Madrid 2,24 EUR -0,03 (-1,15 %)

CORPORATIVO | 17.08.2023

A fotografia, a arte versátil de nosso século

CARLOS GOLLONET FOTOGRAFIA

Carlos Gollonet

Curador-chefe de fotografia da Fundación MAPFRE

A cultura em que vivemos é difundida através da fotografia e sua onipresença em nossa vida diária é total, como nenhuma outra forma de arte está na origem da nossa cultura visual que hoje domina o cinema, a televisão ou a Internet.

CARLOS GOLLONET FOTOGRAFIA

Lee Friedlander Nashville, Tennessee, 1963 Imagem de prata em gelatina Coleções da Fundación MAPFRE ©Lee Friedlander, cortesia de Fraenkel Gallery, São Francisco

Desde sua invenção (que em pouco mais de uma década completará dois séculos) ela vem ocupando lugares de destaque em outros campos mais relacionados com a suposta veracidade transmitida pela imagem. Do retrato, que graças a ela se tornou universal, aos registros da polícia, à fotografia de imprensa, à fotografia científica, à publicitária, etc.

Embora a fotografia seja tudo isso e muito mais, nós, como Fundación MAPFRE, estamos mais interessados na fotografia artística, em seu conteúdo intelectual e sensível. A fotografia é a linguagem natural das artes visuais, pois sua versatilidade permite descrever com precisão a percepção do ambiente e transmitir emoções ao mesmo tempo.

Ela extrai um momento do tempo e do espaço, e seu mistério está em fazer desse um momento único, que transita do passado para o futuro e que permanece na contemplação tranquila do presente. É aí que encontramos sua força, na permanência do espírito do artista e da imagem capturada.

Como instituições culturais, temos a responsabilidade de possibilitar o aproveitamento da criatividade humana mediante atividades de exposição e pela formação de coleções que preservem as obras contra a deterioração do tempo e os altos e baixos da memória. Cientes de sua importância, a Fundación iniciou sua coleção de fotografia em 2007 e, dois anos depois, sua programação de exposição.

Desde então, as aquisições e exposições de fotografia seguiram trajetórias estreitamente ligadas em seus conteúdos, com o objetivo de formar progressivamente um importante projeto que demonstre a relevância da imagem fotográfica como linguagem, janela e diálogo entre o homem e o mundo contemporâneo.

 

Em poucos anos, com uma programação permanente em nossas salas de Madri e Barcelona (quatro e seis exposições, respectivamente), e com uma considerável atividade internacional (atualmente, nossas exposições ou coleções são exibidas em museus como a Fundação Cartier-Bresson em Paris, o Museu de Arte da Filadélfia, o FOAM de Amsterdã ou o MOMA de São Francisco, para citar apenas algumas). A Fundación se tornou uma referência mundial nesta arte, sendo ao mesmo tempo a instituição espanhola mais ativa em termos de exposições, publicações, atividades educacionais e científicas, e por uma importante coleção que abrange um século de criação: um instrumento especialmente rico para mostrar a extraordinária aventura contemporânea em sua imensa diversidade e complexidade, e que já se encontra entre as mais importantes do país. Desde os grandes nomes da fotografia, como Walker Evans, Paul Strand, Lee Friedlander ou Diane Arbus, até as novas gerações de jovens fotógrafos espanhóis ou internacionais, com destaque para os grandes conjuntos de obras que tornam a Fundación MAPFRE essencial ao falar de importantes artistas, como Paul Strand, Nicholas Nixon, Graciela Iturbide, Paz Errázuriz, Paolo Gasparini ou Carlos Pérez Siquier.

Para comemorar o Dia Mundial da Fotografia no sábado, 19 de agosto, a Fundación MAPFRE oferecerá entrada gratuita durante toda a jornada em suas sedes de Madri e Barcelona. 

Em Madri são exibidas as exposições Louis Stettner e Anastasia Samoylova. Image Cities. 

No centro KBr Fundación MAPFRE Barcelona podem ser visitadas as exposições Tina Modotti e A Catalunha de Jules Ainaud. 

Reserve seu ingresso em https://www.fundacionmapfre.org/en/art-and-culture/buy-tickets/